Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

sábado, 3 de agosto de 2013

JUSTIÇA CASSA MANDATO DE PREFEITO DE CANTANHEDE (MA)



DECISÃO DE 1º GRAU O CONSIDEROU CULPADO POR ABUSO DE PODER POLÍTICO.
NOVAS ELEIÇÕES DEVEM SER CONVOCADAS PARA A CIDADE.

Do G1 MA 
PREFEITO CABÃO E O VICE VALMIR QUARESMA
                                      

O prefeito de Cantanhede, José Martinho dos Santos Barros, e seu vice, Waldir Ferreira Quaresma, tiveram seus mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. A medida foi assinada pela magistrada Laysa de Jesus Paz Martins Mendes, juíza Eleitoral da 16ª Zona, que considerou os dois culpados por abuso de poder econômico nas eleições do ano passado. A juíza também determinou a realização de novas eleições na cidade.

Além de perderem seus mandatos, prefeito e vice foram condenados à inelegibilidade pelo período de oito anos subseqüentes à referida eleição e ao pagamento de cinco mil UFIRs.

Segundo a juíza, os dois gestores teriam distribuído material de construção aos moradores da cidade, com o intuito de angariar votos durante as eleições. “O fornecimento e a distribuição de piçarra, conforme já dito, foi claro, incontroverso, às escâncaras, chegando ao conhecimento de todos a forma como obter o produto, por meio de mero cadastro no CRAS [Centro de Referência de Assistência Social], bem como a origem de tal benesse – a Prefeitura Municipal, leia-se, o prefeito José Martinho, mais conhecido como Cabão”, descreveu a magistrada.

Eleições
Como o prefeito obteve mais da metade (58,28%) dos votos válidos, a Justiça Eleitoral deve convocar novas eleições.
Prefeito e vice ainda podem recorrer da decisão de primeiro grau.

Nenhum comentário :

Postar um comentário