Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

FLÁVIO DINO EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO

FLÁVIO DINO     Flávio Dino
Flávio dino                 
 NOTA DE ESCLARECIMENTO
Tendo em vista o teor de acusações infundadas lançadas nesta data em matéria no jornal da família Sarney Murad, venho esclarecer:
1. Ao contrário do que pensa o grupo Sarney, as pessoas podem promover e participar de reuniões políticas sem pedir permissão aos que se acham donos do Maranhão;
2. Jamais utilizei dos serviços de qualquer empresa contratada pela EMBRATUR na organização e realização do Diálogos pelo Maranhão;
3. Como cidadão e integrante do Governo Federal, posso participar de atos administrativos de qualquer prefeitura de qualquer parte do país, também sem necessitar de autorização da oligarquia;
4. Qualquer servidor público pode, fora do seu expediente de trabalho, comparecer e colaborar com a realização de reuniões que sejam do seu interesse;
5. As reuniões do movimento Diálogos são bem diferentes da campanha itinerante que o Governo do Estado está realizando. Não usamos helicópteros, aviões, automóveis, pagos com dinheiro público, nem precisamos utilizar máquina administrativa para reunir pessoas para debater sobre nosso estado;
6. Sob o amparo da Constituição e da Lei nº 9.504/97, informamos que o movimento Diálogos prosseguirá discutindo propostas para um novo modelo administrativo e promovendo as alianças políticas necessárias à mudança desse sistema político coronelista e ultrapassado;
7. As próximas reuniões ocorrerão em Lago da Pedra e cidades vizinhas, e todos estão convidados. Não deixaremos de trilhar o nosso caminho, com a serenidade e a coragem necessárias para cumprirmos os nossos compromissos com o povo do Maranhão. Está próximo o dia do fim da política de perseguição e ameaças no nosso Estado.
Flávio Dino

Comentários do Blog: o Blog divulga a Nota de Esclarecimento, pois também deu repercussão à matéria divulgada pelo jornal O Estado do Maranhão. No entanto, as explicações de Flávio Dino necessitarão ser feitas ao Ministério Público Eleitoral.
Na Nota, além de sua defesa, Flávio Dino também deixa claro que é totalmente contrário ao Governo Itinerante, mesmo não estando em ano eleitoral, e agora definitivamente mostra a cara sem a necessidade de prepostos.

Do Blog do Jorge Aragão

Nenhum comentário :

Postar um comentário