Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

ASSALTANTES DE BANCO DE BANCO E SEQUESTRADORES DE GOIÂNIA SÃO PRESOS EM PAULO RAMOS MA


A VÍTIMA FICOU 11 DIAS EM CATIVEIRO E SÓ FOI LIBERADA COM PAGAMENTO DE R$ 700 MIL.
Uma ação conjunta da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) do Maranhão e do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Goiás culminou na prisão de Robson Pires de Andrade e da esposa dele, Magelma Pinheiro Leite, na manhã desta quarta-feira (27).
Ambos são suspeitos de participar de um sequestro em Goiânia, no dia 20 de maio. De acordo com informações repassadas pelo delegado Thiago Bardal, chefe do Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras (DCRIF), a vítima do sequestro era um empresário do estado da região sul de Goiânia. A vítima ficou 11 dias em cativeiro e só foi liberada depois que a filha dele pagou a quantia de R$ 700 mil, solicitada pelos seqüestradores.
Depois de liberarem a vítima, a extorsão não cessou. Os sequestradores continuaram ameaçando o empresário, que ficou de pagar mais R$ 400 mil, em quatro parcelas. A primeira parcela, equivalente à quantia de R$ 100 mil, chegou a ser entregue aos seqüestradores. No dia acertado para o pagamento da segunda parcela, 5 de agosto, a polícia conseguiu efetuar as prisões de Ronaldo José da Silveira, João José e José Carlos.

Com a prisão do trio, Robson Pires de Andrade e Magelma Pinheiro Leite fugiram para a cidade de Paulo Ramos, no Maranhão, onde foram presos. O Deic de Goiás trocou informações com a Seic do Maranhão. A ação conjunta resultou na prisão do casal envolvido no seqüestro.
Com eles, os policiais apreenderam um veículo Corola, adquirido com o dinheiro recebido no resgate. O casal vai responder pelo crime de Extorsão mediante Sequestro. De acordo com informações policiais, Robson Pires de Andrade tem uma extensa ficha criminal e é foragido de alguns estados da Federação.

DIVULGAÇÃO / SSP

Nenhum comentário :

Postar um comentário