Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

AVIÃO EXPLODE E MATA QUATRO PESSOAS NO AEROPORTO DE TERESINA

PERITOS DA CENIPA VÃO EXAMINAR MOTOR E LEVANTAR O QUE O PILOTO FEZ NO DIA ANTERIOR
                                            

Do 180 graus 
O ex-presidente do extinto Aeroclube de Teresina, advogado Nazareno Thé, disse que a investigação sobre as causas do acidente que matou piloto e três estudantes no Aeroporto de Teresina deverá ser concluída em 60 dias. Segundo ele, a investigação será feita pelo CENIPA (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), que vai recompor o dia anterior do piloto Rodrigo Viana Moraes e dos estudantes de aviação Guilherme Rodrigues, Marcos Ronald (primos) e Marcus Escórcio.
Thé informou também que irão examinar o motor da aeronave. “Faltou motor ao avião para que continuasse o voo, por isso o piloto voltou para o aeroporto quando o avião caiu”, declarou Nazareno Thé, que tem parentesco com Guilherme Rodrigues, uma das vítimas.
Técnicos da Infraero [Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária] foram para as cabeceiras do Aeroporto Petrônio Portella, em Teresina, onde morreram quatro pessoas, na noite desta segunda-feira, em consequência da queda e explosão de avião. Os funcionários tiraram fotos para ajudar nas investigações sobre as causas do acidente.
Duas viaturas da Polícia Militar foram enviadas para as cabeceiras do Aeroporto Petrônio Portella e deixaram três policiais para fazer a segurança do avião César PTCNL, que caiu e explodiu na noite de ontem.
Os policiais estão no local percorrendo a região para que nada seja alterado até a chegada dos técnicos do Centro Regional de Aeronáutica de Recife para fazer recolhimento da aeronave.
FOTOS DE RODRIGO VIANA
                                                       

                                               
Umas das vítimas, identificada como Marcos Ronald saiu de Fortaleza no avião envolvido no acidente.
CONFIRA ABAIXO FOTOS DE MARCOS RONALD

                                       

                                         
A outra vítima foi identificada como Marcus Escórcio.
Gustavo Lélis, amigo de Marcus Escórcio e aluno do curso de aviação da faculdade Cet, disse que o professor estava fazendo as 40 horas-aulas para voar e ser um piloto comercial.
“Era seu sonho e estava fazendo a última fase desse curso e queria trabalhar em avião de companhia comercial. Seu sonho era ser piloto”, declarou Gustavo Lélis.
A mulher de Marcos Escórcio, Adulce Escórcio, afirmou que ficou muito abalada com a morte do marido. Ela disse que não teria condições de falar sobre a tragédia.
Os estudantes do curso de aviação informaram que Escórcio faria seu voo solo de formatura nesta terça-feira (17).
O estudante Ítalo Moraes, de 20 anos, trocou mensagens com Escórcio por volta de 17h50. Ele respondeu que estava se preparando para o voo noturno com Rodrigo Viana, Marcos Ronald e Guilherme Rodrigues.
VEJA ABAIXO FOTOS DE MARCUS ESCÓRCIO

                                   

                                   D

Nenhum comentário :

Postar um comentário