Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

sexta-feira, 13 de março de 2015

SOUSA NETO QUESTIONA SOLTURA DO SUSPEITO DE ASSASSINAR EX-DIRETOR

                                           AGORA COM A PALAVRA SEJAP

O deputado estadual Sousa Neto (PTN) pediu esclarecimentos à Secretaria do Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) pela soltura de Anderson Silva Gonçalves, conhecido por Aranha, acusado da morte do médico e ex-diretor do Hospital Geral, Luiz Alfredo Guterres, em novembro do ano passado durante uma tentativa de assalto. De acordo com o Ministério Público a Sejap é o órgão responsável pela soltura.

“Eu venho aqui, como amigo da família, da esposa dele, Luciana, dos filhos, Daniel, Lucas e Tiago, e da família em si. De alguma forma a prisão daquele elemento amenizou o sofrimento da família. Mas, infelizmente, ele foi colocado em liberdade ontem, para desespero da população, mais uma vez. E eu, como membro da Comissão de Segurança, farei um requerimento para que a SEJAP esclareça o acontecimento”, afirmou o parlamentar.

ENTENDA O CASO

O médico Luiz Alfredo Netto Guterres foi assassinado na garagem de sua própria casa, na manhã de 9 de novembro de 2014, vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte). Anderson Silva Gonçalves foi preso juntamente com outro suspeito, no final de janeiro deste ano e teve a prisão revogada pelo juiz José Ribamar d’Oliveira Costa Júnior, da 2ª Vara Criminal de São Luís, no dia 2 de março. Assecom/ Dep. Sousa Neto

Nenhum comentário :

Postar um comentário