Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

VAQUEJADA É DEFENDIDA POR JUSCELINO FILHO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

NA OPINIÃO DO PARLAMENTAR, A VAQUEJADA É UM ESPORTE QUE PRECISA SER LEGALIZADO E FISCALIZADO

Dep. Juscelino Filho
Em audiência pública promovida pela CCJC (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) nesta terça-feira (1º), para debater o Projeto de Lei nº 1.554 de 2015 – que eleva a manifestação popular denominada Rodeio Crioulo à condição de patrimônio cultural imaterial do Brasil -, o deputado federal Juscelino Filho (PMB-MA) se manifestou em defesa do esporte e da Vaquejada, que também foi incluída em um dos requerimentos.
Na opinião do parlamentar, a vaquejada é um esporte que precisa ser legalizado e fiscalizado: “Essa audiência é um grande avanço para a cultura brasileira. Registro meu apoio e aprovo que o rodeio e a vaquejada sejam legitimados como manifestações da cultura do nosso país. Como nordestino, conheço bem de perto a prática da vaquejada, iniciada como a Corrida de Mourão na década de 40 e que hoje é um esporte com regras, que gera renda, empregos, cultura e que cuida sim dos animais que a praticam. Faz parte da cultura do. Precisamos unificar o discurso, regulamentar a prática e aplicar a lei, além de sintonizar as associações e verificar se a legislação está sendo cumprida, pois só assim o esporte será reconhecido”, defende Juscelino.
A proposta, que foi aprovada durante a sessão, concede status de manifestação da cultura nacional ao rodeio e à vaguejada. A matéria seguirá agora para análise do Senado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário