Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

GOVERNO DO MARANHÃO VAI INICIAR O RECADASTRAMENTO NAS ÁREAS DE ASSENTAMENTO

O RECADASTRAMENTO SERÁ TAMBÉM A PRIMEIRA AÇÃO DO ITERMA DE ACORDO COM AGENDA ELABORADA. ESSA INFORMAÇÃO FOI LEVADA AO PRESIDENTE DO STTR, ELISIÁRIO LEITE EM OUTRA REUNIÃO DESSA VEZ NO PRÓPRIO SINDICATO RURAL. 
Reunião no assentamento Fortuna, povoado Barro Preto.
O Governo do Estado, por meio do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF) vai iniciar, ainda neste ano, o recadastramento de todos os assentados nos Projetos de Assentamento Estaduais (PEs) com a finalidade de atualizar a situação cadastral dos beneficiários e identificar possíveis irregularidades.

A informação foi repassada pelo diretor de Assentamento do Iterma, Pedro Pascoal, durante as reuniões de alinhamento e discussões realizadas no PE Jussara (Davinópolis) e Fortuna (em Fortuna), além de sindicatos de trabalhadores rurais, secretárias municipais de Agricultura e associações comunitárias rurais, no período de 21 a 27 deste mês, no Sul do Maranhão.
Reunião no PE Jussara com integrantes do Sistema SAF/Iterma/Agerp.
                           
“O Iterma, como órgão estratégico do desenvolvimento, busca resgatar o grande passivo histórico e hoje trabalha para saná-lo promovendo ações de relevância como o recadastramento e a regularização fundiária dos assentamentos, com prioridade para os PEs na área de abrangência do Plano Mais IDH. A intenção é tornar os assentamentos habilitados a terem acessos as diversas políticas de crédito existentes como o Inicial, Fomento, Habitação e linhas do Pronaf, específicas para a Reforma Agrária e daí o Maranhão começar a emancipação desses projetos”, disse Pedro Pascoal.

No PE Jussara, ocupado por 49 famílias numa área de 1.322 hectares, o diretor do Iterma garantiu enviar nos próximos dias uma equipe de técnicos ao local.  Ele ouviu as principais reivindicações dos assentados como a legalização da área excedente de 756 hectares, realização do georreferenciamento e a construção de estrada.

O trabalhador rural Antônio Alves, vulgo Careca, falou em nome dos assentados e narrou uma longa história de dificuldades e abandono enfrentados na região e agradeceu os esclarecimentos recebidos ao longo de mais de 4 horas de reunião. “Essa área é muito carente e com muitas pendências e esta, ao longo de 27 anos, é a primeira vez que um diretor de assentamento do Iterma vem aqui”, declarou.

Também participaram da reunião o superintendente de Reordenamento Agrário da SAF, Valdinar Barros, o gestor regional da Agerp de Imperatriz, Bento Humberto, o presidente da associação dos pequenos produtores rurais Diosmar Alves e várias lideranças municipais.

Já no PE Fortuna, com mais de 61 mil hectares e uma gigantesca área e com problemas nas mesmas proporções, com 16 associações rurais, a reunião aconteceu no povoado Barro Preto com as presenças do gestor regional da Agerp de Presidente Dutra, Sebastião Wagner, do diretor do sindicato dos trabalhadores rurais de Fortuna, José Oliveira, do delegado sindical Francisco Borges e da presidente da associação, Janaína Melo.

O recadastramento será também a primeira ação do Iterma de acordo com agenda elaborada. Essa informação foi levada ao presidente do STTR, Elisiário Leite em outra reunião dessa vez no próprio sindicato rural.

Pedro Pascoal explicou que as ações do sistema SAF/Iterma/Agerp estão em sintonia com as prioridades definidas pelo governador Flávio Dino para que as políticas públicas possam beneficiar todos os maranhenses e compartilhar as riquezas existentes no estado. Até o fim de 2016 cerca de 20 assentamentos estaduais receberão visitas de dirigentes e técnicos do Iterma.

Fonte: Iterma/SAF                 
Texto e Fotos: Marcos Caminha

Nenhum comentário :

Postar um comentário