Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

JUSTIÇA PROÍBE A REALIZAÇÃO DE EVENTOS POLÍTICOS EM COROATÁ

PRECISAMOS GARANTIR A SEGURANÇA”, DIZ JUÍZA AO CANCELAR EVENTOS POLÍTICOS

Juiza Josena Araújo Farias Braga 
A juíza da 8ª zona eleitoral Josane Araújo Farias Braga concedeu uma entrevista à imprensa na noite desta sexta-feira (30) para comunicar a decisão em cancelar qualquer propaganda coletiva em Coroatá, assim como os dois arrastões que seriam realizados nesta sexta.
A medida não foi tomada apenas pelos conflitos entre os dois principais grupos políticos que aconteceram recentemente, mas principalmente pela onda de violência que tem acontecido em São Luís e pela possibilidade de Coroatá ser um dos alvos das facções criminosas que comandam os ataques, já que membros desses grupos estão presos dentro do presídio da cidade. É o que lembrou a Dra. Josane Araújo.
“O motivo foi pela segurança. Nós precisamos trabalhar com afinco para garantirmos no dia 2 de outubro a segurança do eleitor e das urnas. É de conhecimento de todos a situação que o Estado se encontra atualmente, com queima de escolas, com um salve da facções criminosas de dentro do presídio. Nós tivemos uma campanha longa, a necessidade que deve preponderar hoje é da necessidade da ordem pública e da segurança. Essa decisão não é uma atitude impensada, pelo contrário, o objetivo é resguardar o interesse público. Nós estamos hoje pensando apenas em garantir o pleito no dia 2. A propaganda eleitoral está prevista em lei, é um direito do cidadão de ter acesso às informações, ao plano de governo dos candidatos, mas eu tenho certeza que a população entenderá essa decisão, já tivemos vários dias de campanha e tenho certeza que o eleitor já deve te escolhido seu candidato, não vai ser hoje nem será amanhã que, por conta dessa suspensão, em benefício da própria sociedade, será impossibilidade de votar naquele candidato que escolheu”, disse.
informações  Coroatá online 

Nenhum comentário :

Postar um comentário