Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

SERÁ QUE FOI UMA VINGANÇA CONTRA O POVO DE BOM LUGAR?

VEREADORES QUE NÃO SE ELEGERAM DEIXAM DE CUMPRIR A OBRIGAÇÃO E PREJUDICAM A POPULAÇÃO.

Na  tarde da última quarta feira (29), estava previsto uma sessão extraordinária na Câmara Municipal de Bom Lugar (MA). Na pauta estava o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) de 2017.



Depois das eleições municipais em outubro, a LDO esteve na pauta para ser apreciada e votada pelos atuais vereadores da Câmara Municipal de Bom Lugar; no entanto, as vossas excelências, estranhamente, não compareceram a sessões, em número suficiente, e o importante projeto orçamentário, não foi votado por falta de quórum.

Nesta semana, o presidente da Casa, vereador Arilson, fez um emocionante chamamento aos atuais colegas para comparecer e votar o orçamento na sessão de ontem; “não deixem que o município de Bom Lugar entre  2017 sem aprovar a Lei Orçamentária Anual”, fez o apelo.  


Vereador Arilson fez um apelo para o comparecimento dos colegas vereadores 

Mas... não teve jeito! Apenas quatro vereadores, preocupados com o povo, estiveram presentes: Renato da Vertente, Rony do Zéis, Valdo Jacó e o próprio presidente da Casa, o vereador Arilson.

Os vereadores Joca Miranda, Sanja, Pedro Miranda, Cândido, Damião Sem Medo, Sofia da Matinha... não mostraram a menor preocupação com o povo bonlugarense e viraram as costas para aprovação da LDO. Coincidentemente, entre os 8 vereadores que não compareceram a sessão que aprovaria a LDO-2017, apenas Pedro Miranda se reelegeu... Alguns nem candidatos foram.

A sessão que votaria e aprovaria a LDO não aconteceu por falta de quórum, e isso deixa uma indagação no ar: será que não foi uma vingança contra o povo de Bom Lugar? 

- Deixo a pergunta no ar.

Em decorrência da não aprovação da LDO-2017, a nova prefeita, Luciene Costa, iniciará seu mandato, em 1º de janeiro, sem previsão orçamentária definida, correndo o risco de precisar usar a diretriz orçamentária de 2016; ou seja, impedindo que o município evolua de um ano para outro. No entanto, segundo fomos informados, a assessoria jurídica de Luciene Costa, vai entrará com uma ação na justiça para aprovar a LDO-2017. O povo de Bom Lugar está na torcida para que a Justiça realize o que alguns vereadores descompromissados deixaram de cumprir com suas funções. 

Fonte Blog do Carlinhos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário