Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

sábado, 4 de fevereiro de 2017

OBRAS DOS IEMAS DE AXIXÁ E BACABEIRA FORAM VISTORIADOS NESTE SÁBADO

ACOMPANHADO DA EQUIPE DE ENGENHEIROS, O SECRETÁRIO ESTADUAL DE INFRAESTRUTURA, CLAYTON NOLETO, VISITOU AS DUAS UNIDADES PARA ACOMPANHAR O ANDAMENTO DAS OBRAS.
Secretário Clayton Noleto e técnicos da Sinfra durante vistoria à unidade do Iema em Bacabeira. Foto: Jorge Ribeiro
 As duas unidades dos Institutos de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iemas), ampliadas e reformadas pelo Governo do Estado nas cidades de Axixá e Bacabeira, receberam a visita dos engenheiros da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) e de prefeitos das cidades beneficiadas com a implantação das unidades do Iema. A vistoria foi realizada neste sábado (4). 
Acompanhado da equipe de engenheiros, o secretário estadual de Infraestrutura, Clayton Noleto, visitou as duas unidades para acompanhar o andamento das obras. “A Sinfra vem realizando esse tipo de visita em todas as suas obras e no Iema não é diferente. Estamos aqui, num sábado, para acompanhar o andamento dessa parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), dando celeridade às obras e garantindo a qualidade e a entrega, dentro dos prazos, dessas unidades tão importantes para o desenvolvimento econômico e social dos nossos jovens maranhenses”, explicou o secretário. 

Secretário Clayton Noleto e técnicos da Sinfra 

Cada uma das unidades contará com laboratórios, salas de aula, auditório, refeitório, vestiários, quadra poliesportiva e banheiros, que atenderão os alunos do ensino em tempo integral, resultado de uma gestão que prioriza a educação de qualidade para os estudantes em todo o Maranhão. 
A prefeita de Bacabeira, Fernanda Gonçalo, agradeceu a parceria com o Governo do Estado que levou o Iema para a cidade. “Para nós, essa realização é um motivo de muita satisfação, já que a unidade vai ofertar cursos profissionalizantes aos nossos jovens”, afirmou. 
Alegria dividida também com o prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo. “A implantação de cursos profissionalizantes para esta região é muito importante para qualificar a mão de obra local, principalmente, em um momento em que temos grandes empresas interessadas em se instalar aqui”, analisou o prefeito. 
Conclusão das Obras 
Com 90% das obras concluídas, a unidade de Axixá tem investimento de R$ 2,5 milhões do Governo do Estado para oferecer aos jovens os cursos técnicos em Informática, Cooperativismo, Agricultura Orgânica e Eletrotécnica. Além de Axixá, jovens de cidades vizinhas como Morros e Presidente Juscelino também serão beneficiados com a oferta dos cursos. Já a unidade de Bacabeira, com 60% das obras concluídas, tem investimento de R$ 1,5 milhão para atender 140 jovens divididos entre os cursos de Administração, Logística e Mineração. 
As duas unidades têm data de entrega prevista para o dia 15 de fevereiro. 

Além das adequações e ampliações, o Governo do Estado está construindo cinco novos institutos em Coroatá, Carutapera, Santa Helena, São Domingos e Matões. A meta é que, até 2018, 22 unidades estejam em pleno funcionamento oferecendo aos estudantes maranhenses uma estrutura para o Ensino, Pesquisa e Extensão, respeitando as demandas regionais. 
“Nós já temos unidades em pleno funcionamento, em adaptação e ampliação, temos cinco Iemas em construção e temos Iemas em fase de licitação e conclusão de projetos”, enfatizou o secretário Clayton Noleto.
Obras da unidade do Iema em Axixá também estão avançadas
Além das adequações e ampliações, o Governo do Estado está construindo cinco novos institutos em Coroatá, Carutapera, Santa Helena, São Domingos e Matões. A meta é que, até 2018, 22 unidades estejam em pleno funcionamento oferecendo aos estudantes maranhenses uma estrutura para o Ensino, Pesquisa e Extensão, respeitando as demandas regionais. 
“Nós já temos unidades em pleno funcionamento, em adaptação e ampliação, temos cinco Iemas em construção e temos Iemas em fase de licitação e conclusão de projetos”, enfatizou o secretário Clayton Noleto.
 Fotos: JArdel Scot/Jorge Ribeiro 
 Fonte Secap

Nenhum comentário :

Postar um comentário