Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

domingo, 4 de junho de 2017

GOVERNO DO MARANHÃO ABRIRÁ INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE ALFABETIZADORES E COORDENADORES DE TURMAS PARA O PROJETO ‘SIM, EU POSSO!’

O PROCESSO SELETIVO SERÁ COORDENADO PELA GERÊNCIA DE CONCURSOS (GCONC), DA FUNDAÇÃO SOUSÂNDRADE DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO (FSADU).
                    
 
O Governo do Maranhão, por meio das Secretarias de Estado da Educação (Seduc) e de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), abrirá, a partir da próxima quarta-feira (7), inscrições para o processo de seleção pública para preenchimento de vagas de coordenadores de turmas e alfabetizadores para atuarem na segunda fase do Projeto Jornada de Alfabetização ‘Sim, Eu Posso!’ – Círculo de Cultura. As inscrições serão encerradas no dia 14 deste mês.

São 119 vagas para professores e coordenadores de curso. Nesta segunda fase, o projeto abrangerá os municípios de Jenipapo dos Vieiras, Itaipava do Grajaú, Aldeias Altas, Água Doce do Maranhão, Governador Newton Bello, Santana do Maranhão, São João do Caru, São Raimundo do Doca Bezerra, Lagoa Grande do Maranhão, São Roberto, Afonso Cunha, Marajá do Sena, Santa Filomena do Maranhão, Milagres do Maranhão e Belágua e seus povoados.

O processo seletivo será coordenado pela Gerência de Concursos (Gconc), da Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal do Maranhão (FSADU). O edital está disponível para consulta nos endereços eletrônicos www.fsadu.org.br  e www.sousandrade.org.br .

Para o cargo de professor, o principal requisito é ter Ensino Médio completo. Para candidato a vaga de coordenador de curso, a exigência é que tenha ou esteja cursando o ensino superior. As inscrições serão gratuitas e devem ser feitas nos municípios e locais indicados no edital.  Para se inscrever, o candidato deverá preencher a ficha fornecida no local de inscrição e apresentar cópias e originais dos documentos.

Não serão aceitas inscrições enviadas via fax, correspondências, ou fora do prazo estabelecido.  Serão aceitas inscrições realizadas mediante procuração, desde que tenham firma reconhecida em cartório e cópia autenticada do documento de identificação do candidato e do seu procurador, documentos que deverão ser anexados à Ficha de Inscrição.

No ato da inscrição, o candidato deverá optar pelo município e pela categoria para os quais deseja concorrer. Cada candidato poderá fazer somente uma inscrição. Havendo mais de uma inscrição será validada apenas a de data mais recente.

A quantidade de vagas por município para cada função está disponível no edital, assim como a relação de documentos necessários está disponível no edital e demais informações. As bolsas serão no valor de R$ 900,00 para coordenador de turmas e de R$ 600,00 para professor.

O programa

O ‘Sim, eu posso!’ é um método inovador de ensino, concebido pelo Instituto Pedagógico Latino-Americano e Caribenho de Cuba (Iplac) e aliado aos círculos de cultura da pedagogia de Paulo Freire. O projeto integra a mobilização pela alfabetização dentro do Plano de Ações ‘Mais IDH’, instituído pelo governador Flávio Dino, com o objetivo de reduzir os índices de analfabetismo no estado.


A 1ª etapa do programa, que tem a coordenação das Secretarias de Estado da Educação (Seduc) e de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), e execução do MST, foi realizada no ano passado. As ações de alfabetização tiveram duração de oito meses e beneficiaram 7.119 pessoas que realizaram o sonho de aprender a ler e escrever e deixaram para trás a condição de analfabetos. Na primeira fase, o programa reduziu em 29% o índice de analfabetismo nos municípios onde foi desenvolvido.

Nenhum comentário :

Postar um comentário