Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

'DIFÍCIL SER SOLTO HOJE PORQUE ELE DIZ QUE NÃO TEM DINHEIRO', DIZ DELEGADO SOBRE DADO DOLABELLA, PRESO POR NÃO PAGAR PENSÃO ALIMENTÍCIA

ATOR FOI PRESO NA TARDE DESTA QUINTA-FEIRA (17) POR DEVER R$ 196.397,54. O PROCESSO ESTÁ EM ANDAMENTO DESDE 2014 NA 1ª VARA DE FAMÍLIA DA BARRA DA TIJUCA


G1 RJ
Dado Dolabella está tentando na Justiça uma decisão favorável no processo de pensão alimentícia do filho Eduardo Neves Dolabella. O ator foi preso na tarde desta quinta-feira (17) por dever um R$ 196.397,54 de pensão alimentícia ao filho fruto de seu relacionamento com Fabiana Vasconcelos Neves. Mas, para o delegado Antonio Ricardo Nunes, da 11ª DP (Rocinha), é muito difícil que Dado consiga o alvará de soltura ainda nesta quinta.
"Posso garantir que ele só sai da delegacia direto pra casa dele com alvará de soltura. Ele ser solto vai depender da Justiça, mas eu acho difícil de ele conseguir isso hoje porque ele diz que não tem dinheiro", comentou o delegado.
O processo está em andamento desde 2014, na 1ª Vara de Família da Barra da Tijuca. De acordo com o delegado, Dado já estava discutindo em juízo a revisão da pensão dada ao filho. O ator alega que o valor foi estabelecido quando ele estava com um contrato de trabalha, mas que atualmente perdeu esse contrato.
"Na verdade isso é uma coisa que é um processo, que está em curso e já foi pedido um revisional. Esse valor, que inclusive está sendo pedido no processo, é de acordo com um contrato que eu recebia um salário por mês, que não existe mais, então, isso aí está sendo revisto", disse Dolabella ao G1 logo que chegou no local.
Ainda de acordo com o delegado, Dado será transferido ainda nesta quinta, e deve ficar em Bangu, junto com outros presos que devem pensão alimentícia. "Ele ficou muito surpreso, mas não apresentou resistência. A Polinter já foi chamada, desejo que ele saia ainda hoje, até porque aqui as condições não são favoráveis", contou o delegado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário