Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

JORNAL DE ROSEANA É CONDENADO A PAGAR R$ 100 MIL SE NÃO FALAR A VERDADE SOBRE ELEGIBILIDADE DE DINO



POR CONTA DO EXCESSO COMETIDO, ELES AGORA SERÃO OBRIGADOS A PUBLICAR O DIREITO DE RESPOSTA ENVIADO PELA COLIGAÇÃO ‘TODOS PELO MARANHÃO’ PARA REPOR A VERDADE DOS FATOS
A Justiça Eleitoral decidiu que o jornal O Estado do Maranhão terá que publicar direito de resposta da coligação ‘Todos Pelo Maranhão’ no caso da inelegibilidade de Flávio Dino sob pena de multa de R$ 100 mil. O veículo de comunicação dos Sarney tem 48h para cumprir a decisão judicial que já havia descumprido dias atrás.


O Estado do Maranhão publicou inverdades em relação a decisão da juíza de Coroatá, Anelise Reginato, que condenou Flávio Dino em primeira instância. O jornal dos Sarney tentou ludibriar os leitores dando como certa a inelegibilidade do governador nas eleições de outubro.
Por conta do excesso cometido, eles agora serão obrigados a publicar o direito de resposta enviado pela coligação ‘Todos Pelo Maranhão’ para repor a verdade dos fatos. O jornal já havia se negado a acatar a decisão da Justiça Eleitoral.
O site Imirante.com – também de propriedade da família Sarney – igualmente foi condenado pelo mesmo motivo e obrigado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) a se retratar sobre o assunto.
Em sua sentença, o desembargador José de Ribamar Castro afirma que, “ante o caráter meramente devolutivo do recurso, intime-se a parte embargante, a fim de que dê, no prazo de 48h, cumprimento integral a determinação emanada deste juízo (id 29012), sob pena de multa no valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais)”.

Blog do Garrone

Nenhum comentário :

Postar um comentário