Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sábado, 18 de agosto de 2018

SEGURANÇA INSTITUCIONAL - MEMBROS E SERVIDORES PARTICIPAM DE PALESTRA SOBRE PROTEÇÃO DE DOCUMENTOS FÍSICOS E DIGITAIS


FILIPE SOARES  SERVIDOR DA AGÊNCIA BRASILEIRA DE INTELIGÊNCIA DISSE QUE TODAS AS ÁREAS SÃO INTERDEPENDENTES, ESTÃO INTERLIGADAS. POR ISSO É PRECISO O APERFEIÇOAMENTO PARA QUE SE TENHA SUCESSO.
Filipe Soares é servidor da Agência Brasileira de Inteligência
O Ministério Público do Maranhão, por meio da Coordenadoria de Assuntos Estratégicos e Inteligência (CAEI) e Escola Superior do MPMA (ESMP), promoveu, nesta sexta-feira, 18, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, no Calhau, a palestra “Instrução sobre segurança orgânica com ênfase na proteção de documentos em formato físico e no ambiente digital”, como parte do II Seminário de Inteligência e Segurança.
Palestra foi destinada a membros e servidores

Direcionada a membros e servidores, a palestra foi ministrada pelo servidor da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) Filipe Rocha Martins Soares. A iniciativa tem o foco de difundir e incentivar a implementação da cultura de segurança institucional no Ministério Público.

Para o servidor da ABIN, normalmente as pessoas entendem a segurança como segmentada, como segurança de documentos, de pessoal, dos meios cibernéticos, de telefonia e isso é um equívoco. “A ideia é ter uma visão holística do processo. Todas as áreas são interdependentes, estão interligadas. Por isso é preciso o aperfeiçoamento para que se tenha sucesso. Havendo uma brecha, acidental ou equivocada, isso será explorado por um agente adverso ou mal intencionado”, explicou Filipe Soares.

PGJ reforça importância da segurança institucional


O procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, fez a abertura oficial do evento e ressaltou que a segurança institucional tem sido um dos pilares de sua gestão. “Temos tomado medidas indispensáveis e marcadas pela adoção de protocolos e procedimentos de segurança antecipando situações de risco e vulnerabilidade, para que todos os agentes do Ministério Público do Maranhão possam desenvolver suas atividades com liberdade e sem temor de ameças externas, a fim de garantir o bem-estar coletivo”, enfatizou o procurador-geral.

Coordenadora do CAEI destacou adoção de protocolos e procedimentos de segurança

A coordenadora de Assuntos Estratégicos e Inteligência do MPMA (CAEI), promotora de justiça Jerusa Capistrano Pinto Bandeira, destacou que a palestra faz parte do cumprimento ao disposto na Resolução do CNMP nº 156/2016 e que a temática “traz a preocupação com segurança da informação, desde sua produção, tramitação e descarte, seja em meio físico ou digital”.

Diretor da ESMP saudou os presentes
Em sua fala, o diretor da Escola Superior do MPMA, promotor de justiça Márcio Thadeu Silva Marques, saudou os presentes e mencionou a intenção da ESMP de regionalizar para Imperatriz e Timon os cursos, para que todos os membros e servidores do MP tenham acesso a esse tipo de conteúdo. “Temos, hoje, o privilégio de ouvir e interagir com um especialista nesse tema de segurança institucional e são informações indispensáveis para a efetividade da atividade do Ministério Público e para que não haja comprometimento do trabalho exaustivo de investigação dos promotores”.

Entre os temas abordados na palestra estão: a autoanálise de riscos, percepção do ambiente ao qual está inserido, cultura de proteção, facilidades de acesso, análise de vulnerabilidade, potenciais alvos, entre outros.

Participaram ainda da mesa de abertura, o corregedor-geral do MPMA, procurador de justiça Eduardo Jorge Heluy Nicolau e a vice-presidente da Associação do Ministério Público do Maranhão (AMPEM), promotora de justiça Camila Gaspar Leite.

PALESTRANTE

Filipe Rocha Martins Soares é servidor da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) desde 2009. Possui graduação em Direito pela Universidade Federal do Piauí (2007) e mestrado em Direito das Relações Internacionais no Centro Universitário de Brasília (UNICEUB). Tem experiência na área de Defesa, com ênfase em Inteligência de Estado.

Redação e Fotos: Daucyana Castro (CCOM-MPMA) 

Nenhum comentário :

Postar um comentário