Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 1 de maio de 2019

MARANHÃO BUSCA GERAÇÃO DE EMPREGO COM PARCERIAS ENTRE GOVERNO E EMPRESÁRIOS

PARA ENFRENTAR ESSE QUADRO NACIONAL, O MARANHÃO TEM LANÇADO INICIATIVAS PARA CRIAR POSTOS DE TRABALHO NO ESTADO.
                           
Desde 2015, o Governo do Maranhão vem estabelecendo parcerias com a iniciativa privada para desenvolver o Estado. Essa aproximação ganha ainda mais importância diante da crise nacional que tem prejudicado a economia de todos os Estados, impactando a geração de empregos.

Para enfrentar esse quadro nacional, o Maranhão tem lançado iniciativas para criar postos de trabalho no Estado. Entre essas iniciativas, estão as chamadas Parcerias Público-Privadas (PPPs). São investimentos e empreendimentos em que tanto o Estado quanto a iniciativa privada concentram esforços.

Recentemente, o Estado lançou um plano de ações para atrair investimentos por meio das PPPs. Uma delas já está em execução: é a reforma do prédio João Goulart, na Praça Pedro II, em São Luís, que estava havia mais de 30 anos abandonado. O prédio vai abrigar o Centro Administrativo e contribuirá para revitalização da área.

Entre as PPPs que ainda virão, estão as de construção de presídios, internet gratuita em dezenas de cidades e programas habitacionais no Centro Histórico de São Luís. Tudo isso representa geração de empregos.

Itaqui

Outro grande polo de criação de renda para os maranhenses é o Porto do Itaqui. Tanto o governo quanto os empresários têm investido fortemente no porto, que já é responsável por 16 mil empregos diretos e indiretos no Estado.

Em abril, foi assinado um novo contrato que prevê a geração de mais 700 empregos.
Trata-se do arrendamento do terminal da Suzano Papel e Celulose. Serão investimentos de R$ 214,873 milhões ao longo de 25 anos, prazo que poderá ser prorrogado por até 70 anos.

É motivo de celebração esse contrato, trazendo mais empregos e desenvolvimento para o Maranhão e reforçando a importância do Itaqui para o Brasil e para o mundo”, afirmou Ted Lago, presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária, responsável pelo porto.

Obras públicas

Além da parceria com a iniciativa privada, o governo do Maranhão também cria empregos por meio de obras com investimentos exclusivamente públicos. É o caso, por exemplo, do prolongamento da Avenida Litorânea, na capital, que servirá de corredor de trânsito para diversos bairros da capital.

Outro exemplo é o Hospital da Ilha, no Turu, que terá centenas de leitos e vai desafogar os Socorrões municipais.

E também o projeto PAC Ponta do São Francisco, que está modernizando o bairro, com saneamento, melhoria da iluminação, construção de quadras, praça e uma nova avenida.

Nenhum comentário :

Postar um comentário