Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 18 de junho de 2019

MÁRCIO JERRY: “MORO TRAIU A MAGISTRATURA E DALLAGNOL O MINISTÉRIO PÚBLICO”

A DUPLA MORO E DALLAGNOL DEVEM MUITAS EXPLICAÇÕES ÀS INSTITUIÇÕES ÀS QUAIS SERVEM; AO PARLAMENTO BRASILEIRO; AO NOSSO POVO, AFIRMOU O DEPUTADO.
                                
Um dos responsáveis por protocolar requerimento que convidou Sérgio Moro e Glenn Greenwald para prestar esclarecimentos sobre o caso The Intercept, o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) afirmou que espera que o Congresso Nacional faça sua parte, cobrando explicações e se necessário adotando as providências legais.
“A dupla Moro e Dallagnol devem muitas explicações às instituições às quais servem; ao parlamento brasileiro; ao nosso povo. Repito: Moro traiu a magistratura do país, bem como Dallagnol traiu o ministério público”, afirmou o deputado.
Jerry também fez uma referência ao processo relâmpago que colocou o candidato Lula atrás das grades e abriu caminho para a vitória de Jair Bolsonaro. “As revelações até aqui já são graves o suficiente para provocar o imediato afastamento do ministro Sérgio Moro. Ilegalidades flagrantes em meio a uma grande e inédita armação política que foi determinante para o desfecho da eleição presidencial de 2018”, afirmou.
O requerimento que convoca Greenwald foram apresentados Márcio Jerry (PCdoB/MA) e Camilo Capiberibe (PSB/AP), Carlos Veras (PT-PE), Túlio Gadelha (PDT-PE) e Helder Salomão (PT-ES). Nesta quarta-feira (19), às 9h, Moro deve comparecer à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado para falar sobre o assunto. No dia 26, o ministro terá a oportunidade de dar explicações à CCJC da Câmara.
Já o jornalista Gleen Greenwald deve ter sua visita à Câmara definida nos próximos dias, além de comparecer no Conselho de Comunicação Social do Senado no dia 1º de julho, data da próxima reunião do Conselho.
Blog da Daniela Bandeira 

Nenhum comentário :

Postar um comentário