Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

domingo, 23 de junho de 2019

PM E CORPO DE BOMBEIROS REFORÇAM BUSCAS POR BEBÊ RETIRADO DA CASA DOS PAIS EM BELÁGUA

                        SEGUE A ANGÚSTIA  DA FAMÍLIA DO BEBÊ 
                             
Neste momento, um grande número de policiais militares e bombeiros intensificam os trabalhos de buscas pelo bebê Jhonatan Alves dos Santos, de apenas dois meses, que desapareceu misteriosamente da casa dos pais, na madrugada de sexta-feira (21), na cidade de Belágua, a 280 km de São Luís.

Na manhã deste domingo (23), os pais do bebê, Eudilene e Tadeu, foram levados novamente para novos depoimentos na delegacia de Urbano Santos, a 15 km de Belágua. Pelas informações, a mãe foi levada de volta à casa para pegar um documento solicitado na delegacia.

Policiais e bombeiros se concentram no entorno da residência da família do bebê e buscas serão feitas em um rio que passa nas proximidades.

Até o momento, a polícia não tem pistas do que possa ter levado ao desaparecimento de Jhonatan Santos.

Os pais não estão presos, apenas prestam informações à polícia para o caso seja elucidado. Outros suspeitos estão sendo alvos das investigações.

Manifestação de moradores

Moradores da localidade, revoltados com o caso, fizeram manifestação no início da noite de sábado (22), em frente à delegacia da cidade. O objetivo era pedir maior agilidade no trabalho de investigação.

“O nosso objetivo não é linchar os pais, mas pedir mais empenho no trabalho de investigação”, diz a participante de um grupo criado no WhatsApp para mobilizar moradores da localidade.

Em um dos áudios, uma das vizinhas dos pais diz que ouviram o choro do bebê até por volta de 2h da madrugada.

“Os cachorros latiam muito. A gente não se levantou porque pensava que era algum animal. O sumiço do bebê se deu entre 3h e 4h. O avô do bebê chegou a acordar e chamar o pai. Às 6h, o pai acordou e não encontrou mais o bebê e revolveu chamar a gente. Chegamos a procurar até em um rio que passa nas proximidades da casa”, disse a vizinha.

Além de manifestação em frente à delegacia, moradores também se concentraram no entorno da casa dos pais do bebê desaparecido.

No entanto, os moradores não acreditam que os pais possam estar envolvidos com o desaparecimento do próprio filho.

Por conta desses protestos, as investigações ganharam reforço policial neste domingo (23).

Moradores continuam acompanhando os trabalhos da polícia de perto e esperam um desfecho feliz para o caso.

Polícia chama a população para esclarecimentos


Neste momento, policiais militares reúnem moradores, em frente à casa da família, para prestar esclarecimentos.

Blog do Gilberto Lima 
A qualquer momento, voltaremos com mais informações.

Nenhum comentário :

Postar um comentário