Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

CÂMARA APROVA PROJETO DE LEI QUE PRORROGA ATÉ DEZEMBRO PRAZO DO CONTRATOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE O. D’ÁGUA DAS CUNHÃS MA

VEREADORES DESTACARAM  RETORNO DO PREFEITO E COBRARAM MAIS EMPENHO DO GESTOR 
Na sessão ordinária realizada na noite de terça feira (10), os parlamentares olhodaguenses, aprovaram o projeto de Lei 005/2019, de autoria do executivo municipal, que prorroga por mais 100 dias a contratação de servidores públicos municipais, no texto original da matéria, o prazo para contratação se encerrará dia 10 de dezembro de 2019. No plenário a matéria foi amplamente discutida e aprovada por unanimidade.
Faltando pouco mais de um ano para as eleições municipais é comum populares voltarem a marcar presença na galeria da casa e acompanhar de perto o trabalho do legislativo municipal, assim motiva ainda mais os parlamentares, o presidente e os demais vereadores sempre fazem questão de convidar o povo para assistir as sessões ordinária.
‘’ É muito importante a presença do povo acompanhando nosso trabalho, é dessa maneira que os olhodaguenses vejam se perto o desempenho de seus representantes e acima de tudo, fazer as reivindicações em prol da sociedade comentou o presidente”.
Durante a discussão do projeto de Lei,  os vereadores, Ivo Rodrigues (DEM), Edilson Oliveira Magalhães (PSL), João Sérgio (PCdoB), Joel Meireles Silva(PDT), Elizabete Silva Lázaro(PDT) e Francisco Silva Barros (PSDB), falaram sobre o retorno ao cargo do prefeito Rodrigo Araújo Oliveira(PDT), deram ênfase ao projeto de Lei 005/2019, de autoria do Executivo municipal, os parlamentares questionaram o motivo pelo qual a prefeita interina Viliane Costa (PL), não enviou para casa o referido Projeto de Lei, tendo em vista que o prazo de contratação dos servidores públicos municipais, encerrou dia 30 de agosto deste ano.
 
Os vereadores da oposição, Antônio José de Barros (SD) e Manoel Sousa Bonfim (PCdoB), não seguiram mesma ideologia dos demais que usaram a tribuna.  Antônio José de Barros, voltou a fazer cobranças e críticas ao gestor municipal, um caso emblemático desrespeito as estradas vicinais, entre as citadas, estão a do  povoado Centro do José Rodrigues e algumas ruas que estão em péssimas condições, outra estrada é a do povoado Serrote até a beira do Lago, totalizando (06) Km. O parlamentar disse que não acredita mas que a atual gestão vai trabalhar, ‘‘ Parece que fecharam essa administração com um cadeado e jogaram a chave no Rio Mearim, disse o vereador.’’ Ele também destacou outros pontos deficitários na atual gestão.
Manoel Sousa Bomfim, foi um pouco categórico em suas palavras, incialmente discordou de um vereador da base, ele enfatizou que hoje a maioria dos vereadores estão voltado mas para disputa política e não administrativamente, falou que o município está perdendo recursos   de um  programa da saúde, porque o gestor está brigando por poder, conclamou a união de todos e lutar ainda mais pelo por um Olho d’Água das Cunhãs melhor. 

O parlamentar fez referência ao discurso do vereador Edilson Oliveira Magalhães, que disse que o prefeito era um trator, Manoel Sousa Bomfim, disse que esse mesmo trator está destruindo o município, ‘‘espero prefeito que você faça alguma coisa, porque não está fazendo nada pelo município, disse’’.

Todos os parlamentares falaram sobre o tão sonhado Plano de Cargo e Carreira e sobre o dinheiro do FUNDEF, que o município está prestes a receber, foram unanimes na questão de apoiar os professores que tem direito na maior parte do total.
Destacaram o duelo de políticos  nas rede sociais, a legalidade do projeto enviado pelo Executivo e destacaram a presença dos advogados Thiago Magalhães Sá, assessor jurídico da câmara, advogado Marcos, membro da assessoria jurídica do município, público na galeria e funcionários da casa.
Minutos antes do encerramento, o presidente vereador Enock Correa de Paula (PSD), falou sobre o terço de férias dos servidores municipais, e tranquilizou ratificando que segundo o parlamentar o município, não declarou ao TCE que teria pago 50%  do 13º salário, o município fez um cálculo no mês de maio deste ano e infelizmente  houve alguns imprevistos, como por exemplo uma ação da cemar que bloqueou 400 mil reais que foram pagas em quatro parcelas de 100 mil, teve uma negociação do sindicato para pagar precatórios, o valor mensal é de algo em torno de 46 mil reais, foram por esses motivos  que ainda não foi pago, mas o Executivo se comprometeu em cumprir a Lei e até o dia 15 de dezembro pagar todo o 13º salário.

‘‘ Não posso tampar o sol coma peneira, o município está devagar, falta começar a trabalhar nessa 2ª gestão,  o prefeito tem defeito como todos nós aqui temos, mas ele também tem qualidade, como por exemplo o respeito com os servidores, ele nunca atrasou salário, 13º, 1/3 de férias, então o prefeito tem credibilidade com todos os servidores municipais concluiu o presidente

 

Nenhum comentário :

Postar um comentário