Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sábado, 20 de junho de 2020

INDICADORES EPIDEMIOLÓGICOS PERMITEM INÍCIO DA FASE 2 DE REABERTURA DO COMÉRCIO EM BACABAL

SEGUNDO O PREFEITO EDVAN BRANDÃO, OS LOCAIS TERÃO QUE SEGUIR TODAS AS NORMAS DE CONTROLE SANITÁRIO E DISTANCIAMENTO ENTRE OS CLIENTES PARA PODER REABRIR.
                             
Informações da Assecom

Começa na segunda-feira, 22, a segunda fase de três programadas pela prefeitura de Bacabal para a reabertura das atividades econômicas do município, após as medidas restritivas impostas pela pandemia de Covid-19.


O plano de retomada gradual das atividades em Bacabal foi dividido em 3 fases, a primeira começa na segunda-feira, 15. O estudo que elaborou o cronograma de reabertura gradual por meio da setorização das atividades comerciais e de serviços em fases distintas, de acordo com o risco sanitário e o potencial de aglomeração e permanência de pessoas. A primeira fase foi implantada no dia 15 de junho. Com a implantação da segunda fase no dia 22 de junho de 2020 restará a fase 3 com previsão de implantação no dia 29 de junho de 2020.


Nesta fase da flexibilização, segundo o Decreto nº 646, poderão ser reabertos com restrição (apenas para delivey): livrarias e papelarias, lojas de vendas de bicicletas, peças e acessórios. Concessionárias de veículos e Lojas de cosméticos, perfumaria e de higiene pessoal podem abrir sem restrição, apenas observando os protocolos sanitários.


Os órgãos públicos municipais também voltam a funcionar na próxima segunda-feira, 22, em sistema de rodízio entre os servidores para evitar aglomeração. Deve ser feita escala para que as equipes trabalhem em dias alternados.


Os vendedores ambulantes poderão exercer a atividade desde que observem as normas da Secretaria de Finanças que estabeleceu um sistema de rodízio. Os ambulantes do Calçadão Benedito Leite serão divididos em duas equipes que poderão trabalhar em dias alternados. Desta forma as barracas poderão ser montadas mais distantes uma da outra evitando aglomeração.


Segundo o prefeito Edvan Brandão, os locais terão que seguir todas as normas de controle sanitário e distanciamento entre os clientes para poder reabrir.  O avanço para a segunda fase foi autorizada com base em índices como números de óbitos e quantidade de leitos disponíveis na rede pública de saúde.



Organizações religiosas e escolas só funcionarão na próxima fase


O Comitê de Crise que monitora e avalia as condições para retomada das atividades reuniu na tarde de sexta-feira, 19, com representantes de diversas igrejas e religiões. Além de esclarecer a impossibilidade de retomadas das atividades religiosas na fase 2, os Promotores de Justiça solicitaram o envio de sugestões para elaboração de um protocolo com normas de distanciamento a serem observadas para a prática das atividades religiosas.


As aulas das escolas da rede pública e da rede municipal de ensino permanecem suspensas e só poderão ser retomadas com a edição do decreto que vai autorizar o início da fase 3, a partir do dia 29 de junho.
 

Nenhum comentário :

Postar um comentário