Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

VEREADOR QUE CHAMOU PARADA LGBT DE “IMORAL” É PRESO POR ESTUPRO

 SEGUNDO DANIEL DO ABADE, O EVENTO LGBT SIGNIFICAVA O “FIM DO MUNDO” E A “IMORALIDADE DEVERIA FICAR ENTRE QUATRO PAREDES”. ELE TAMBÉM DIZIA QUE ERA UM PROBLEMA AS CRIANÇAS VEREM TUDO AQUILO

Daniel do Abade Daniel do Abade (Foto: Reprodução)

247 - O vereador Daniel Rabelo Silva, do MDB de Curuçá, foi preso por estupro de vulnerável. Ele é conhecido como Daniel do Abade e foi preso no município de Castanhal, nordeste do Pará. Em Curuçá, ele teve a prisão preventiva decretada.

O vereador, de 39 anos, é candidato à reeleição no município. No final do ano passado, ele foi homofóbico nas redes sociais com comentários contra a 2ª edição da Parada LGBTI de Curuçá. 

Segundo Daniel, o evento significava o “fim do mundo” e a “imoralidade deveria ficar entre quatro paredes”. Na publicação, Daniel também dizia que era um problema as crianças verem tudo aquilo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário