ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

BOM LUGAR RECEBE MAIS 60 DOSES DA VACINA CONTRA A COVID-19

O GESTOR REGIONAL DE SAÚDE  MICHAEL JACKSON FEZ A ENTREGA AO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE VALCIONE SOUSA

Nesta terça-feira (26) o Gestor Regional de Saúde da Regional de Bcabal, Michael Jackson esteve na cidade de Bom Lugar MA, realizando a entrega de mais 60 doses da vacina contra a COVID-19, as doses do imunizante foram entregues  ao secretário de Saúde do município Valcione Sousa e o subsecretário Vaique Machado.


Em  entrevista ao site Bom Lugar Informa, Michael Jackson parabenizou Bom Lugar por ser um dos 11 município que conseguiu em tempo razoável fazer 70% de imunização das dose da primeira remessa . Parabenizou também  o secretário de Saúde Valcione e sua equipe e a prefeita do Município Marlene Miranda que tem se mobilizados para e execução do serviço. 

O secretário informou ainda, que após decisão do governo com os municípios, ficou determinado que as vacinas continuam sendo aplicadas em profissionais da saúde e em pacientes oncológicos, que precisam de radioterapia ou quimioterapia e que estão em diálise.


medida foi adotada já que os pacientes possuem uma rotina hospitalar constante, e por isso, correm mais risco de serem infectados. Para ter acesso ao imunizante, os pacientes deverão ter autorização médica e a vacinação será de responsabilidade dos municípios.

A segunda dose deve ser tomada entre o terceiro e quarto mês, após a primeira vacinação. A secretaria explicou que com isso, deve acelerar o processo de imunização no estado e atingir o maior número de pessoas.

Desde o início da distribuição da vacina contra a Covid-19, o Maranhão já recebeu 212.760 doses do imunizante. São elas:

CoronaVac (1º lote) - 164.240 doses

Oxford/AstraZeneca (1º lote) - 48.500 doses

CoronaVac (2º lote) - 20.000 doses

Vacinação no Maranhão

 

campanha de vacinação contra a Covid-19 começou na última segunda-feira (18) no Maranhão. A estimativa é que 1,75 milhão de pessoas sejam vacinadas nas três primeiras fases da campanha.  

A vacinação fica a cargo das prefeituras e deve seguir o calendário determinado pelo Ministério da Saúde (MS). Na primeira fase, os grupos prioritários, segundo o MS, são:

Trabalhadores da Saúde;

Idosos (que estão em asilos ou abrigos com mais de 60 anos);

Pessoas institucionalizadas com deficiência;

Indígenas em terras próprias.

Entretanto, não há vacina para todos os que estão nesses grupos prioritários. Cada município vai definir as regras dentro desses segmentos acima.

 Bom Lugar Informa

Nenhum comentário :

Postar um comentário