ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 5 de janeiro de 2021

PREFEITO ALEX ALMEIDA HERDA MUNICÍPIO SUCATEADO, PRÉDIOS PÚBLICOS COM O FORNECIMENTO DE ENERGIA SUSPENSO E DÉBITO COM A COMPANHIA QUE ULTRAPASSA MEIO MILHÃO DE REAIS

ATENÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO: LAGO VERDE ESTAVA JOGADO AS TRASAS E BEIRA DE UM COLÁPSO. 

Na sexta-feira, primeiro dia do ano de 2021, os municípios brasileiros passaram a ser administrados por novos prefeitos(as), vice-prefeitos(as), exceto em alguns casos que os mandatários foram reconduzidos aos cargos. As câmaras legislativas também passaram por renovação - em pequena ou grande parte - dos seus integrantes.



Lago Verde, com mais de 16 mil habitantes, elegeu Alex Almeida, do Partido Progressista. Diplomado pela Justiça Eleitoral ainda em dezembro de 2020, o novo prefeito tomou posse no cargo ciente da enorme responsabilidade que terá para recolocar a casa em ordem e devolver aos lagoverdenses a esperança por dias melhores, perdida em função da desastrosa gestão do ex-prefeito Dr. Francisco Clidenor que fez Lago Verde atravessar momentos difíceis e conturbados, de incertezas.  O município parecia ter parado no tempo.


Em todos os setores o aspecto era de total abandono.

Com seus salários atrasados e sem ter a quem recorrer, servidores da prefeitura chegam a se deslocar até Bacabal para tentar saber do então prefeito quando receberiam. Dr. Francisco foi encontrado saindo da agência do Banco do Brasil e, ao se dirigir ao veículo que o aguardava, ouviu muitas críticas e cobranças duras até deixar o local escoltado pela policia.

Novos ares



Escolhido para reconduzir o município ao caminho do desenvolvimento e recuperar o tempo perdido, Alex Almeida, como se comprometeu a fazer, desde o dia seguinte à posse já colocou em prática ações voltadas para escrever uma nova história. Uma de suas primeiras iniciativas foi o Mutirão da Limpeza, formado por caçambas, máquinas pesadas, compactador de lixo e mais de 30 trabalhadores devidamente fardados e equipados que retiram das ruas toneladas de lixo, mato e entulho acumulados pelos quatro cantos da cidade.

O novo prefeito também determinou que o Hospital Municipal Joana Almeida passasse por uma total limpeza e higienização. Ele esteve à frente dos trabalhos, inclusive, colocando a mão na massa, pois, como faz questão de repetir, é preciso ter vontade e pressa, pois são incontáveis os problemas deixados pelo seu antecessor.


R$ 669.424,77

De tudo, o que mais causa espanto e indignação até o momento é o débito de mais de meio milhão de reais referente às faturas de energia que deixaram de ser pagas desde setembro do ano passado, incluindo ainda o parcelamento firmado entre a prefeitura e a Equatorial Maranhão, em Agosto de 2020, que também deixou de ser honrado pelo ex-prefeito, resultando na suspensão  do fornecimento de energia em vários prédios da administração pública municipal.

Até poços que abastecem de água a população do município estão sem operar.

Preocupado com a grave situação o prefeito Alex Almeida  já procurou a companhia no sentido de encontrar, o mais rápido possível,  meios de regularizar o débito e começar a devolver aos lagoverdenses de coração as condições de viverem com mais dignidade. 



Nenhum comentário :

Postar um comentário