ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO MA APRESENTA RELATÓRIO DE GESTÃO

O JUDICIÁRIO MARANHENSE DESENVOLVEU PROJETOS IMPORTANTES EM 2020, BUSCANDO A MODERNIZAÇÃO DOS SERVIÇOS JURISDICIONAIS COM VISTAS À CELERIDADE PROCESSUAL

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Lourival Serejo, disponibilizou relatório de gestão com um balanço das principais atividades desenvolvidas entre os meses de abril a dezembro de 2020. 

Para o magistrado – que foi empossado na presidência do TJMA em abril do ano passado – o Judiciário maranhense desenvolveu projetos importantes em 2020, buscando a modernização dos serviços jurisdicionais com vistas à celeridade processual.

Em 2020, o Tribunal de Justiça procurou positivar o instituto da conciliação, dando total apoio e estrutura ao trabalho do Núcleo de Solução de Conflitos, fortalecendo as ações do órgão no sentido de conter o ímpeto de litigiosidade no Estado. 

Além do apoio incondicional ao trabalho desenvolvido pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Familiar (Cemulher), o TJMA priorizou também a política de responsabilidade socioambiental, que integra hoje o rol dos valores organizacionais do Poder Judiciário no seu compromisso com a sociedade e com o planeta.

Os projetos sociais da Casa da Criança também foram valorizados na atual gestão, que vem atuando no sentido de oferecer as condições para que crianças amparadas e acolhidas continuem sendo acompanhadas com dignidade na instituição.

Quem também recebeu investimentos no campo institucional foi a Ouvidoria, possuindo o órgão hoje todas as condições para ouvir as reivindicações dos jurisdicionados e fornecer respostas satisfatórias aos anseios dos cidadãos.

A política de inclusão destaca-se também entre metas prioritárias definidas pelo presidente do TJMA, desembargador Lourival Serejo, que, na sua gestão, vem enfrentando com determinação os temas sociais e institucionais, certo da essencialidade que marca o Poder Judiciário do Maranhão na sua missão constitucional.

Clique AQUI e leia o relatório completo.

Ascom/TJMA

Nenhum comentário :

Postar um comentário