ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 25 de maio de 2021

FELIPE CAMARÃO E ADAILSON MACHADO ASSINAM ORDEM DE SERVIÇO PARA OBRAS NO CENTRO DE ENSINO ROBERTO SARNEY, EM PAULO RAMOS

É A ÚNICA ESCOLA DE ENSINO MÉDIO QUE TEMOS NO MUNICÍPIO E AGORA INICIAREMOS SEU PROCESSO DE REQUALIFICAÇÃO, PARA QUE POSSAMOS GARANTIR MAIS CONFORTO NO ENSINO E APRENDIZAGEM, DISSE CAMARÃO.

 

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, acompanhado do prefeito de Paulo Ramos, Adailson Machado, e o deputado estadual Rafael Leitoa, assinou, nesta terça-feira (25), a Ordem de Serviço para a realização de obras no Centro de Ensino Roberto Sarney, única escola da rede pública estadual no município.

Com investimento de aproximadamente R$ 900 mil, a obra contemplará a construção de muro, fachada e passarela coberta na escola, instalação de um poço artesiano, além da construção de quadra e pavimentação externa do Centro de Ensino. A previsão é de que seja concluída no prazo de 180 dias.

O secretário Felipe Camarão destaca a importância da reforma do equipamento educacional para o município. “É a única escola de ensino médio que temos no município e agora iniciaremos seu processo de requalificação, para que possamos garantir mais conforto no ensino e aprendizagem. Tenho certeza que toda a população ficará feliz com a nova escola digna que será entregue aos paulo-ramenses”, afirmou.

“Há 50 anos essa escola foi construída e nunca se teve nenhuma reforma, como terá agora, a partir do esforço do nosso secretário Felipe Camarão e com o apoio do governador. Uma conquista imensa para o município, porque quase toda a população de Paulo Ramos já estudou naquela escola”, declarou o prefeito do município, Adailson Machado.

A reforma do Centro de Ensino é uma solicitação do deputado estadual Rafael Leitoa, que reforça a importância da obra para o ensino e a aprendizagem. “A reforma contemplará, também, a climatização da escola, o que a tornará um ambiente mais agradável para o conhecimento e que, com certeza, impactará nos resultados e na aprendizagem dos alunos”, disse.

Fonte: Seduc

Nenhum comentário :

Postar um comentário