ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

segunda-feira, 18 de outubro de 2021

PROCURADOR DA LAVA JATO É DEMITIDO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

O PROCURADOR DIOGO CASTOR DE MATOS FOI DEMITIDO DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL POR TER FINANCIADO IRREGULARMENTE A PRODUÇÃO DE OUTDOOR DE PROPAGANDA DA LAVA JATO.

Procurador da República Diogo Castor de Mattos

247 - O procurador Diogo Castor de Matos foi demitido do Ministério Público Federal por ter financiado irregularmente a produção de outdoor de propaganda da Lava Jato. A informação foi divulgada pelo deputado Paulo Teixeira. 


Enquanto seus advogados protelam o julgamento do processo administrativo disciplinar cuja relatora propõe sua demissão, o procurador da república Diogo Castor de Mattos, ex-estagiário de Deltan Dallagnol, exibe sinais de enriquecimento e ascensão social. O Blog do Zé Beto publicou a ficha em que ele pede para ser aceito no Iate Clube de Caiobá, uma entidade que reúne a elite paranaense.

Para ser sócio do clube exclusivíssimo, Diogo Castor de Mattos precisaria ter um iate. Na sua ficha de adesão, ele informa como apresentadores três nomes da alta roda paranaense. 

Um deles é Rodrigo Fomighieri Mellem, filho do empresário  Nabi Mellem, que segundo o Blog do Zé Beto, é também doleiro. Nabi Mellen é proprietário de um terreno no bairro das Mercês em Curitiba, onde funciona o Mercês Tênis Clube, que tem Castor de Mattos como sócio-controlador.

Os outros dois sócios do Iate Clube que avalizam a entrada de Diogo Castor de Mattos são Felipe Soifer e Pedro Tocafundo. Diogo Castor de Mattos também informa como endereço de trabalho a sede do MPF em Curitiba, na rua Marechal Deodoro. 

Castor de Mattos, quando deixou a Lava Jato, voltou a seu posto de origem, no município de Jacarezinho.

Nenhum comentário :

Postar um comentário