ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sábado, 29 de janeiro de 2022

LULA CELEBRA FIM DO CASO DO TRIPLEX DO GUARUJÁ: "QUEM ERA HERÓI ESTÁ VIRANDO BANDIDO E QUEM ERA BANDIDO ESTÁ VIRANDO HERÓI"

 EX-PRESIDENTE CONCEDE ENTREVISTA NESTA SEXTA-FEIRA NA QUAL FALA TAMBÉM SOBRE O CENÁRIO ELEITORAL: "O POVO VAI TER UMA CHANCE DE DIZER QUE BRASIL QUE ELE DESEJA"

Deltan Dallagnol, Sérgio Moro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Divulgação)

247 O ex-presidente Lula (PT), em entrevista à Rádio Liberal FM, do Pará,  nesta sexta-feira (28) comentou a decisão da 12ª Vara Federal de Brasília que encerrou o caso do triplex do Guarujá contra ele.

Lula afirmou que o processo era uma "mentira" promovida por seus "algozes", em referência ao ex-juiz parcial Sergio Moro (Podemos) e ao ex-procurador Deltan Dallagnol (Podemos). "As mentiras foram contadas contra mim, ontem a Justiça matou definitivamente esse processo. Sempre acreditei que a verdade viria à tona".

"Desde o golpe da Dilma até minha prisão, foi uma coisa planejada. Era preciso tirar o Lula da disputa presidencial porque se tiver eleição para presidente o Lula vai ganhar. Essa tramóia que foi feita, essa combinação, essa tramóia espúria que foi feita por uma parte do Ministério Público, mais o juiz, mais a Polícia Federal, mais a imprensa fez com que eu, durante muito tempo, fosse achincalhado nos meios de comunicação como jamais alguém foi na história. Como eu sempre acreditei na verdade e acho que quem tem fé e consciência limpa vai sempre vencer, eu hoje estou em uma posição de muita tranquilidade vendo a verdade aparecer a cada dia, a cada hora, a cada movimentação. Ou seja, quem era herói está virando bandido e quem era bandido está virando herói", complementou.

 

Nenhum comentário :

Postar um comentário