ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 30 de junho de 2022

CGJ CORREICIONA UNIDADES EM SENADOR LA ROCQUE E IMPERATRIZ

NO PERÍODO DE 27 DE JUNHO A 1º DE JULHO, A CGJ VISTORIA QUATRO UNIDADES.

Juiz Gladiston Cutrim conta com o auxílio de uma equipe de assessores da Corregedoria.

A Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão (CGJ-MA) prossegue realizando correições gerais, ordinárias e extraordinárias, em comarcas e varas judiciais do Estado. No período de 27 de junho a 1º de julho, a CGJ vistoria quatro unidades, a Vara Única da Comarca de Senador La Rocque, e em Imperatriz, a Central de Inquéritos e Custódia e 1ª e 2ª varas da Fazenda Pública.

Na Comarca de Senador La Rocque, de Entrância Inicial, os trabalhos ocorreram ao longo de todo o dia 27, momento em que o juiz corregedor verificou a regularidade da tramitação e tempo de duração dos feitos judiciais mais antigos, as condições de armazenamento dos processos físicos, cumprimento da exigência de lançamento dos atos ordinatórios nos autos, estrutura predial, dentre outros.

Segundo o juiz Gladiston Cutrim, auxiliar da Corregedoria designado para as correições dessa semana, além da análise dos processos, juiz e servidores das unidades recebem orientações sobre os sistemas de acompanhamento processual e práticas de gestão de secretaria.

“Nesse momento de correição, aproveitamos para orientar os colegas magistrados e também os servidores, em especial o secretário judicial da unidade, sobre a importância do uso de sistemas como o Termojuris, uma poderosa ferramenta de gerenciamento do acervo processual”, frisa.

Para o juiz Huggo Alves Albarelli Ferreira, titular de Senador La Rocque, a forma como a Corregedoria atuou na comarca foi decisiva para identificação dos gargalos no andamento dos processos e identificação das reais necessidades da unidade. “O trabalho de correição, realizado simultaneamente com o Plano Tático da Coordenação de Planejamento Estratégico, nos trouxe conhecimento e métodos para buscarmos a melhoria, em curto – médio – e longo prazo, da prestação jurisdicional”, assinalou o magistrado.

IMPERATRIZ

Na última terça-feira (28) foi a vez da CGJ correicionar a Central de Inquéritos e Custódia. Na quarta, dia 29, os trabalhos alcançaram, em âmbito extraordinário, a 1ª Vara da Fazenda Pública, unidade com um acervo ativo de 8.436 processos judiciais.

Nesta quinta-feira, 30, o juiz auxiliar e equipe de assessores iniciam correição ordinária na 2ª Vara da Fazenda Pública.

Assessoria de Comunicação.

Nenhum comentário :

Postar um comentário