ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 3 de agosto de 2022

HISTÓRIA DO FESTIVAL DE VERÃO GALO DURO, O MELHOR DO MARANHÃO.

 A ABERTURA DO 1º FESTIVAL DE VERÃO DO GALO DURO ACONTECEU NO DIA 06 DE JULHO DE 1990.

O Povoado Galo Duro está localizado às margens do Rio Grajaú, distante 11 km da sede do Município de Paulo Ramos – MA, cortado pela rodovia MA-008. 

Antes da construção da MA-OO8, o porto Galo Duro estava localizado a 4 km abaixo do local atual. Com a construção da MA-008 em 1980 na administração do Governador João Castelo, houve mudança do trajeto da estrada antiga, daí a mudança do local do Povoado Galo Duro.

O porto Galo Duro era um ponto de apoio para os tropeiros, viajantes e no período do verão, também era ponto de apoio para os caminhoneiros que transportavam a safra de arroz da zona rural para a sede do Município de Paulo Ramos, assim como, para as principais cidades da região do Médio Mearim, Vitorino Freire, Lago da Pedra e Bacabal.

Conta que um certo dia um caminhoneiro ao passar pelo porto Galo Duro pediu para a dona da pensão que preparasse uma refeição para ele e seus ajudantes. Quando retornou com a sua carga de arroz, parou para almoçar. 

A dona da pensão preparou um galo para o almoço encomendado. Acontece que foi preparado um galo que por mais que cozinhasse ficou com a carne dura.

Todas as vezes que o caminhoneiro se referia ao local dizia: ah! Foi o lugar onde comi um galo duro. Assim o local ficou conhecido como GALO DURO.

No mês de junho do ano de 1980 os amigos Arioston, Lindomar Carvalho e Irisvaldo Torquato, se encontravam em uma barraca junina pertencente ao Zé da Palhoça na rua do Gás, no Bairro Buriti e questionaram sobre o aproveitamento das praias localizadas às margens do rio Grajaú no Povoado Galo Duro no período de férias escolares do mês de julho para que se praticasse atividades de lazer, principalmente para os filhos de Paulo Ramos que estudavam fora e quando aqui chegavam não tinham opção de lazer.

A ideia amadureceu e o Dr. Arioston juntamente com o professor Lindomar ficaram com a coordenação do futuro Festival de Verão do Galo Duro.

A organização funcionaria da seguinte forma: seriam colocadas barracas para a venda de comidas e bebidas; o som ficaria por conta dos barraqueiros; seriam realizados torneios de futebol de areia e vôlei de praia; escolha da garota e garoto verão.

Foram convidados para montar as primeiras barracas os senhores Raimundo Edilson Cunha, ex-prefeito de Paulo Ramos e Ivan Agostinho, “Ivanzinho”.

Foram convidados para organizar a parte do esporte os professores Neto e Mereth, assim como, Professor Raimundinho, Carlos George e Paulo Costa, “Paulão”, que montaram as suas equipes de apoio.


Foi firmada uma parceria com a Prefeitura Municipal de Paulo Ramos que disponibilizava o transporte dos frequentadores do evento, assim como, ajudava na aquisição de equipamentos e materiais necessários para a realização do Festival.

A rodovia MA-008 ainda não era pavimentada, sendo de piçarra. O transporte disponibilizado pela Prefeitura era caminhões que a partir das 8h00 da manhã ficavam na praça do Mercado para o transportar os barraqueiros e os frequentadores do Festival, retornando no final da tarde. Os caminhões faziam várias viagens para atender a demanda do pessoal que se deslocava para o Festival.

 

O Festival é realizado todos os domingos no mês de julho.

A abertura do 1º Festival de Verão do Galo Duro aconteceu no dia 06 de julho de 1990.

No dia anterior ao início do Festival, foram acampar às margens do rio Grajaú, uma turma que deu o pontapé inicial das festividades, ditos pioneiros: Dr. Arioston, sua esposa Celita, Lindomar Carvalho, Silvinha, Dr. Eudes, Dr. Alex Barroso, Adailson Machado, José dos Milagres, “Silva”, Edvaldo Bigode e Arnaldo Gomes, ex-prefeito de Altamira do Maranhão.

Durante dezenove anos, de 1990 a 2008, o Festival de Verão do Galo Duro aconteceu de forma rústica. Mesmo assim, com enorme aceitação na região do Médio Mearim.  

Em 2009, quando assumiu a Prefeitura Municipal de Paulo Ramos, Dr. Tancledo Lima Araujo, profissionalizou o Festival, proporcionando a sua atual estrutura.

Devido a pandemia da covid-19, não aconteceram as edições do Festival de Verão do Galo Duro nos anos 2020 e 2021.

 


Arioston Soares Oliveira

Cofundador do Festival de Verão do Galo Duro






Nenhum comentário :

Postar um comentário