Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

quarta-feira, 1 de junho de 2016

DENÚNCIAS FEITAS PELO MÉDICO DR. RAIMUNDO SALAZAR ESTÃO SENDO INVESTIGADAS PELO MINISTÉRIO PÚBLICO DO MARANHÃO

                            MP DO MARANHÃO ENVIA NOTA Á IMPRENSA





O Ministério Público do Maranhão, através de nota enviada à imprensa, diz que denúncias veiculadas na imprensa sobre a morte da parturiente Ivanilde Silva, de 21 anos, e de irregularidades e problemas no Hospital Materno Infantil de Bacabal, estão sendo investigadas e testemunhas já começaram a serem ouvidas. Leia abaixo.
Nota de Esclarecimento – Bacabal
  1. Logo após tomar conhecimento das denúncias, a promotora de justiça Ana Carolina Cordeiro de Mendonça Leite, titular da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Bacabal, instaurou, em 17 de maio, a Notícia de Fato n° 2150/2016, iniciando a investigação a respeito dos acontecimentos.
  1. O pai da vítima, Raimundo Gomes da Silva, já foi ouvido pela promotoria. Na tarde desta quarta-feira, 1º de junho, será ouvido pela promotora Klycia Luiza Castro de Menezes, que responde pela promotoria, o médico Raimundo Salazar. Ele foi o responsável pelo atendimento à vítima e autor de denúncias sobre as condições de trabalho e atendimento no Hospital Materno Infantil de Bacabal, bem como a respeito de supostos desvios de recursos públicos.
  1. Em 19 de maio, foi encaminhado ofício ao secretário de Saúde do Município, solicitando esclarecimentos sobre a situação do hospital, com a especificação dos recursos recebidos pela unidade de saúde para custear o seu funcionamento e manutenção. Foram solicitadas, ainda, informações sobre os servidores que atuam naquele hospital, com suas respectivas especialidades e escalas. Tais informações já foram encaminhadas ao Ministério Público.
  1. Dessa forma, o Ministério Público do Maranhão, por meio das Promotorias de Justiça da Comarca de Bacabal, está acompanhando atentamente o caso e, mediante a apuração dos fatos, tomará as medidas cabíveis.
Secretaria para Assuntos Institucionais
Ministério Público do Estado do Maranhão

Nenhum comentário :

Postar um comentário