Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

SEBRAE E SENAR LEVAM EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA PARA FAMÍLIAS DO CAMPO

TRÊS TURMAS DO PROGRAMA NEGÓCIO CERTO RURAL ESTÃO EM ANDAMENTO NA REGIONAL SANTA INÊS.

O Sebrae em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), está possibilitando, por meio do Programa Negócio Certo Rural, que diversas famílias de municípios do interior do estado se capacitem para administrarem seus negócios no campo.

Na regional de Santa Inês, atualmente três turmas do Programa Negócio Certo Rural (NCR) estão em andamento, nos municípios de Zé Doca, Nunes Freire e Viana e recentemente foram concluídas as capacitações em Arari, Viana e Matinha. Todo conteúdo é voltado aos pequenos produtores rurais e suas famílias e utiliza ferramentas simples de gestão, para que eles possam desenvolver e melhor administrar suas pequenas propriedades rurais.

A maioria dos participantes do NCR cultiva hortaliças, cria frango caipira ou peixe em cativeiro e tira desse trabalho a renda que mantem a família, como o Jorge Daniel Ribeiro, presidente da Associação dos Produtores Rurais de Cacoal, uma comunidade quilombola na zona rural de Viana, ele fez questão de enfatizar que se inscreveu porque acredita que esse é o melhor caminho para melhorar a atividade e ter resultados. “Já participei de outras capacitações oferecidas pelo Sebrae e aprendi muito, inclusive hoje sou fornecedor de produtos para merenda escolar, por conta de cursos que me prepararam para isso”, enfatizou.

Presente no lançamento de mais uma turma do programa em Viana, que aconteceu no último dia 20, a coordenadora do NCR, Agriciomar Melo, ressaltou a importância de preparar os produtores rurais para trabalhar nos seus negócios.
                           
De acordo com o gerente da regional do Sebrae em Santa Inês, Aluizio Muniz, também presente no lançamento da nova turma do programa em Viana, os resultados têm sido animadores. “Até o final do ano vamos capacitar 13 turmas do Negócio Certo Rural só em municípios da nossa Regional. Estamos satisfeitos porque essa metodologia está dando certo no setor rural, uma vez que trabalha tanto a gestão de produção, quanto a comercialização e desperta no dono da propriedade o espirito empreendedor, onde ele passa a buscar resultados levando em conta a qualidade e a produtividade do pequeno negócio”, conclui Muniz.

Gilciléa Marques
Unidade de Marketing e Comunicação

Nenhum comentário :

Postar um comentário