Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sexta-feira, 15 de junho de 2018

CLÃ SARNEY QUER IMPEDIR CONSTRUÇÃO DO HOSPITAL DO SERVIDOR E DO HOSPITAL DA ILHA


O EX-SECRETÁRIO DE SAÚDE, RICARDO MURAD, RESPONSÁVEL POR TIRAR DOS SERVIDORES MARANHENSES A UNIDADE EXCLUSIVA, AGORA PERSEGUE NOVAMENTE OS TRABALHADORES DO ESTADO E TENTA, PELA VIA JUDICIAL, PARALISAR AS OBRAS DO NOVO HOSPITAL DO SERVIDOR, QUE ESTÁ PRESTES A SER CONCLUÍDO, ATRÁS DO CARLOS MACIEIRA.
Clã Sarney quer impedir construção do Hospital do Servidor e do Hospital da Ilha

Com a proximidade das eleições, o clã Sarney decidiu utilizar uma tática vil para prejudicar o governador Flávio Dino. Até as eleições, eles tentarão, via Justiça, paralisar as obras do governo do Estado, sem se importar se elas serão importantes para a população maranhense ou não.
O caso mais nítido dessa tática eleitoral rasteira é o Hospital do Servidor. O ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, responsável por tirar dos servidores maranhenses a unidade exclusiva, agora persegue novamente os trabalhadores do Estado e tenta, pela via judicial, paralisar as obras do novo Hospital do Servidor, que está prestes a ser concluído, atrás do Carlos Macieira.

Cumprindo as ordens de José Sarney, Murad faz alegações absurdas para impedir que Flávio Dino entregue aos servidores um hospital equipado e digno, e devolva o que deles foi tirado no governo Roseana. Prestes a ser inaugurado, o Hospital do Servidor será uma referência e beneficiará mais de 100 mil pessoas de todo o Maranhão.
Outro projeto de grande importância para a saúde da Região Metropolitana, que atenderá mais de um milhão de pessoas, o Hospital da Ilha funcionará como urgência e emergência e como complementação aos Socorrões de São Luís, mas também está sofrendo com a perseguição sarneyzista.
Arquitetada pelo deputado federal Hildo Rocha, a ação das duas empresas que perderam o certame licitatório tem como principal objetivo impedir o início das obras do Hospital da Ilha. Com a maléfica iniciativa, o grupo Sarney ratifica sua sede pelo poder e privilégios sem se importar com os maranhenses.
“A maldade dos chefes das 3 famílias que mandavam no Maranhão é sem limites. Agora estão tentando parar as obras do Hospital do Servidor e impedir o início das obras do Hospital da Ilha, que vai substituir o Socorrão. Não pensam nas pessoas, só em poder e privilégios”, denunciou Flávio Dino nas redes sociais.

Assim como fizeram com o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), que virou referência na sua área de atuação, o clã Sarney tenta impedir os avanços na saúde. Saúde essa que eles surrupiaram com desvios bilionários para elegerem seus filhos e manter as vidas de luxo às custas do dinheiro do povo do estado.

Blog do Garrone .

Nenhum comentário :

Postar um comentário