Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

É PRECISO ENTENDER A HISTÓRIA POR TRÁS DA FALÊNCIA DO SUPERMERCADO MACIEL



O MACIEL COMEÇOU A SOFRER EM 2004 COM A CONCORRÊNCIA DO SUPERMERCADO MATEUS, VINDO DO INTERIOR, QUE INAUGUROU 5 LOJAS EM SÃO LUÍS EM UM ESPAÇO DE TRÊS ANOS.
Tido como o maior supermercado de São Luís no início dos anos 2000, o Maciel está à beira da falência este ano, com atraso no salário dos funcionários e o fechamento contínuo de lojas. Os adversários do governador Flávio Dino aproveitam para colocar a culpa pela situação do empresário Raimundo Maciel na conta do governo.
Mas a situação no supermercado não é mais a mesma há, pelo menos, dez anos. Depois de reinar praticamente sozinho nos principais pontos da cidade, o Maciel começou a sofrer em 2004 com a concorrência do Supermercado Mateus, vindo do interior, que inaugurou 5 lojas em São Luís em um espaço de três anos.
Os anos subsequentes, até 2010, foram de expansão constante do Mateus, que atingiu a marca de 23 lojas, entre atacado e varejo, com operações em 6 cidades do Maranhão. Neste meio tempo, o Supermercado Maciel entrou em uma espécie de inércia, apesar da grande estrutura montada em São Luís, nunca expandiu seus negócios para o interior.
Enquanto o Mateus já ganhava mercado até em outros estados, em 2011, no início da atual década, o Maciel sofria um duro golpe. Uma ex-gerente foi presa após desviar R$ 7 milhões da empresa, em 2013. O desfalque fez falta ao caixa do supermercado, que já àquela altura lutava para sobreviver.
Com a crise interna instalada, até mesmo o Centro de Distribuição do Maciel, localizado no Distrito Industrial de São Luís, foi alugado para o Mateus.
Ao contrário do que tentam pregar os adversários de Flávio Dino, não foi um Projeto de Lei sancionado em 2017 que quebrou o Maciel e deu monopólio ao Mateus. A história por trás dos supermercados de São Luís explica bem que a gestão pode quebrar ou expandir uma empresa.

Marrapá

Nenhum comentário :

Postar um comentário