Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
FIQUE EM CASA

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

FLÁVIO DINO ALERTA BOLSONARO SOBRE RISCOS DE UMA POLÍTICA EXTERNA COM VIÉS IDEOLÓGICO

DE ACORDO COM INFORMAÇÕES PUBLICADAS PELO JORNAL FOLHA DE S. PAULO, O GOVERNO DO PRESIDENTE JAIR BOLSONARO JÁ FOI NOTIFICADO DE QUE 33 FRIGORÍFICOS DOS 58 HABILITADOS PARA EXPORTAR PARA ARÁBIA SAUDITA FORAM DESCREDENCIADOS.
                              
O governador Flávio Dino usou as redes sociais para alertar um dos maiores riscos que o governo do presidente Jair Bolsonaro está tomando em relação a política externa. O viés ideológico tem prevalecido no Palácio do Planalto e tido efeitos negativos para o Brasil.
Nesta terça-feira, 22, a Arábia Saudita – maior exportador de carne de frango do Brasil – suspendeu cinco frigoríficos da lista de exportadores brasileiros, no que pode ser o primeiro movimento de retaliação após o anúncio da transferência da embaixada de Tel Aviv para Jerusalém.
“Os riscos de uma política externa COM VIÉS IDEOLÓGICO, como a ATUALMENTE praticada no Brasil, é o isolamento internacional – com severos danos à nossa economia. Ainda dá tempo de mudar o caminho”, alertou Flávio Dino.
De acordo com informações publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo, o governo do presidente Jair Bolsonaro já foi notificado de que 33 frigoríficos dos 58 habilitados para exportar para Arábia Saudita foram descredenciados.
Restariam 25 frigoríficos habilitados e que poderiam absorver a demandas, porém nem todos eles exportam para Riad. Além disso, os gigantes brasileiros JBS e BRF estão entre os suspensos pelos sauditas.
Em 2018, a Arábia Saudita recebeu 14% das exportações de frango do Brasil, seguida pela China com 11%. No total, os sauditas compraram mais de R$ 2,1 bilhões do agronegócio e da indústria brasileira no ano passado.
É bom que Bolsonaro ouça a lucidez de Flávio Dino…
Marrapá.

Nenhum comentário :

Postar um comentário