Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

domingo, 10 de março de 2019

JUSCELINO FILHO DEFENDE SANÇÕES PARA QUE DUPLICAÇÃO DA BR-135 SEJA CONCLUÍDA


A VINDA DO MINISTRO À CAPITAL MARANHENSE FOI MOTIVADA PELA ATUAÇÃO DA BANCADA FEDERAL DO MARANHÃO.
                                   
O deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) acompanhou, nesta sexta-feira (8), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que veio a São Luís vistoriar as condições das obras de duplicação da BR-135, entre os quilômetros 24 e 60, no bairro da Estiva. O democrata defendeu sanções contra as empresas que executaram e supervisionaram a obra na rodovia. Juscelino voltou a cobrar recuperação do pavimento asfáltico e a conclusão dos trabalhos o quanto antes.
De acordo com o parlamentar, existem uma série de problemas na obra de quase meio bilhão de reais, que puderam ser constatados pelo próprio ministro da Infraestrutura. A vinda do ministro à capital maranhense foi motivada pela atuação da bancada federal do Maranhão.
“O ministro veio ver a situação da duplicação da BR-135. Ele pediu desculpas ao povo do Estado do Maranhão com o que viu e reconheceu falhas do próprio DNIT e reconheceu que a empresa executora deve ter medidas duras contra ela assim como a empresa que faz a supervisão dessa obra”, afirmou o deputado.
Medidas
O ministro Tarcísio Gomes de Freitas garantiu que tomará medidas para que o trecho da duplicação da BR-135 seja reparado. Ele reiterou o posicionamento do deputado Juscelino Filho e garantiu aplicar sanções às empresas envolvidas na obra da rodovia.
”Vamos cobrar da empresa a reparação do trecho e também aplicar sanções que estão previstas em contrato. Não podemos admitir que uma empresa ganhe um contrato e entregue um pavimento nas condições que vimos hoje”, disse o ministro.
Após reunião do ministro com deputados da bancada federal do Maranhão, na sede da Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), uma série de medidas foram pensadas para que a obra comece a andar. Os compromissos firmados agradaram os parlamentares maranhenses.
“Saímos daqui muito confiantes com as ações que o ministro se dispôs a tomar. De imediato, se a empresa não retomar a obra para concluir, ele irá dar sanções graves, inclusive de idoneidade e aí buscar um novo contrato para a conclusão. Confiamos na palavra do ministro na intenção de buscar a conclusão dessa que é a principal BR do nosso Estado”, concluiu Juscelino Filho.

Assessoria.

Nenhum comentário :

Postar um comentário