Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

MUNICÍPIO DE SANTA LUZIA LIDERA REGISTROS DE TRABALHO ANÁLOGO À ESCRAVIDÃO EM 2019 NO MARANHÃO

DADOS SÃO DO PAINEL DE INFORMAÇÕES E ESTATÍSTICAS DA INSPEÇÃO DO TRABALHO NO BRASIL.
                                — Foto: Reprodução / GEFM
O município de Santa Luiza, a 294 km de São Luís, foi onde mais trabalhadores foram encontrados em condições análogas a de escravidão em todo o estado em 2019, de acordo com as inspeções do Ministério do Trabalho. Ao todo, no Maranhão, 59 pessoas foram resgatadas nessas condições.

De acordo com a Superintendência Regional do Trabalho do Maranhão (SRTE-MA), a maioria dessas pessoas foram localizadas em regiões de difícil acesso, que dificultam o trabalho das equipes de resgate.
Além de Santa Luzia, foram resgatados trabalhadores de outras dez cidades maranhenses, como Fortaleza dos Nogueiras (31), Bacabal (26), Codó (21), Ribamar Fiquene (15), Governador Edison Lobão (10), São Mateus do Maranhão (6), Vargem Grande (6), Bom Jardim (4), Matões do norte (4) e São Bernardo (3).



G1 MA

Nenhum comentário :

Postar um comentário