Páginas

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

segunda-feira, 22 de junho de 2020

JERRY QUER SABER COMO WEINTRAUB ENTROU NOS EUA APESAR DOS AEROPORTOS FECHADOS PARA BRASILEIROS

“O WEINTRAUB CORREU TÃO RÁPIDO PARA FORA DO PAÍS COM MEDO DO QUÊ? ATITUDE TÍPICA DE QUEM SABE QUE DEVE MUITO E TEM MEDO DA JUSTIÇA”, DECLAROU O PARLAMENTAR.
                             
Vice-líder do PCdoB, o deputado federal Márcio Jerry (MA) questionou, na manhã deste sábado (20), a razão da pressa do ex-ministro Abraham Weintraub para deixar o Brasil. Um post feito em suas redes sociais indicou que ele já se encontra em Miami, nos Estados Unidos, e pela mesma rede, seu irmão, Arthur Weintraub, confirmou o paradeiro.
“O Weintraub correu tão rápido para fora do país com medo do quê? Atitude típica de quem sabe que deve muito e tem medo da Justiça”, declarou o parlamentar.
Após ser demitido do MEC na última quinta-feira (18), o ex-chefe do ministério da Educação afirmou que embarcaria nos “próximos poucos dias” para Washington, nos Estados Unidos, onde pretende assumir uma diretoria do Banco Mundial, posto cujo salário chega a ser 400% maior que o de ministro.
Como a entrada de brasileiros nos Estados Unidos passou a ser proibida a partir do dia 29 de maio em razão do avanço da pandemia do novo coronavírus, a entrada repentina de Weintraub levantou suspeitas. Para ter acesso ao país, ele precisaria de passaporte diplomático, o que ele já não tem direito, após a exoneração.
No Brasil, Weintraub é alvo do inquérito que investiga ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) e disseminação de notícias falsas, além de ser alvo de investigação sobre o crime de racismo contra chineses. Ministros da Corte já revelaram, inclusive, que ele poderia vir a ser preso.

Marrapá.

Nenhum comentário :

Postar um comentário