ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

domingo, 12 de setembro de 2021

"O CASO DA FAKEADA PRECISA SER REABERTO A PARTIR DE UMA PERÍCIA MÉDICA EM JAIR BOLSONARO", DIZ JOAQUIM DE CARVALHO

 AFIRMAÇÃO DO REPÓRTER INVESTIGATIVO ESTÁ LIGADA ÀS REVELAÇÕES FEITAS PELO DOCUMENTÁRIO "BOLSONARO E ADÉLIO - UMA FACADA NO CORAÇÃO DO BRASIL", LANÇADO PELA TV 247.


247 - O repórter investigativo Joaquim de Carvalho defendeu, durante participação no Bom dia 247 deste domingo (12) que a investigação sobre a “fakeada” que levou Jair Bolsonaro à vitória na eleição presidencial de 2018. “Sei que muitos investigadores gostariam que isso fosse reaberto para começar uma investigação a partir de uma perícia médica no Jair Bolsonaro. Eles sabem e até antecipam que sabem que ninguém pode produzir provas contra si. Mas tem um detalhe que chama muito a atenção destas pessoas, que é a mudança de posição da cicatriz”, afirmou. 

A afirmação foi feita após a repercussão do lançamento do documentário  "Bolsonaro e Adélio - uma facada no coração do Brasil", produzido pelo jornalista, pelo cineasta Max Alvim e pelo cinegrafista Eric Monteiro, com produção da TV 247 e financiamento coletivo de seus assinantes e apoiadores. O filme, com uma hora e 44 minutos de duração, revela os furos da versão oficial sobre o episódio ocorrido em Juiz de Fora (MG) durante a campanha eleitoral.

O documentário foi lançado no Youtube na noite de sábado (11) e ao final da manhã deste domingo já contabilizava mais de 134 mil visualizações.

Nenhum comentário :

Postar um comentário