ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 6 de outubro de 2021

OLHO D'ÁGUA DAS CUNHÃS SEDIOU REUNIÃO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DA REGIONAL DE BACABAL

FICAMOS TODOS SATISFEITOS COM OS ASSUNTOS TRATADOS NA REUNIÃO, DISSE  RENATO MESQUITA, SEC. DE SAÚDE DE OLHO D’ÁGUA DAS CUNHÃS.

A cidade de Olho d’Água das Cuhãs, sediou nesta quarta-feira (06), a reunião da CIR(Comissão Intergestores da Regional de Bacabal), participaram da reunião secretários municipais de saúde, assessores e coordenadores, representando os seguintes municípios: Altamira do Maranhão, Bacabal, Brejo de Areia, Conceição do Lago Açu, Lago Verde, Marajá do Sena, Olho d’Água das Cunhãs, Paulo Ramos e Vitorino Freire.

O evento  foi realizada no salão de reuniões da secretaria municipal de saúde, a  Comissão Intergestores é coordenada pela secretária de saúde de Brejo de Areia, Lenita Vieira.

CIR – A comissão caracteriza-se como instância para  negociação, proposição e deliberação das ações e serviços de saúde integrados em redes de atenção e de aspectos operacionais do SUS em âmbito regional.


A comissão caracteriza-se como instância para a negociação, proposição e deliberação das ações e serviços de saúde integrados em redes de atenção e de aspectos operacionais do SUS em âmbito regional.
Dessa forma, cabe a CIR a pactuação, organização e o funcionamento em nível regional das ações e serviços de saúde integrados na Rede de Atenção à Saúde – RAS.

Após o término da reunião, o secretário de saúde de Olho d’Água das Cunhãs, Renato Mesquita, falou com exclusividade ao blog sobre a pauta. “Nesta reunião discutimos as pactuações regional, principalmente na construção e remodelação em nossa rede de assistência materno infantil, que  tem como objetivo aprimorar e melhorar cada vez mais a assistência as  gestantes e  puérperas da nossa região.  Discutimos também sobre outras problemáticas que envolve assistência a saúde nos municípios de nossa região e sobre as pactuações a nível regional, ficamos todos satisfeitos com os assuntos tratados na reunião”, concluiu Renato Mesquita.

Nenhum comentário :

Postar um comentário