ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sexta-feira, 5 de novembro de 2021

PETROBRÁS FAZ CAMPANHA PUBLICITÁRIA PARA TENTAR JUSTIFICAR SEUS PREÇOS ABUSIVOS

EMPRESA LANÇOU COMERCIAIS PARA DEFENDER A POLÍTICA DE PREÇOS ADOTADA APÓS O GOLPE DE 2016, QUE TROUXE AO BRASIL A GASOLINA MAIS CARA EM UM SÉCULO, ALÉM DE FOME E INFLAÇÃO.

Presidente da Petrobrás, Joaquim Silva e Luna
Presidente da Petrobrás, Joaquim Silva e Luna (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

247A Petrobrás, comandada pelo general Joaquim Silva e Luna, lançou uma campanha publicitária milionária para tentar justificar seus preços abusivos, que vêm sendo cobrados desde o golpe de 2016, que teve como objetivo central desviar a renda do petróleo do pré-sal, que seria dos brasileiros, para os acionistas privados da estatal, provocando fome, miséria e inflação no Brasil. Os preços da gasolina no Brasil são os maiores em um século, muito embora o País tenha feito a maior descoberta de petróleo no mundo dos últimos cinquenta anos.

"A Petrobras recorreu a uma campanha publicitária de peso, inclusive no horário nobre da TV, na tentativa de se defender das críticas à alta dos preços dos combustíveis. A estatal petrolífera vem sendo atacada sistematicamente pela classe política, incluindo o presidente Jair Bolsonaro e líderes da oposição. Na propaganda, a companhia alega ser responsável por apenas uma das cinco parcelas do preço final da gasolina no país e que recebe, hoje, R$ 2,33 pelo litro do derivado", informa reportagem do Valor.

"Na semana passada, após a companhia apresentar um lucro líquido de R$ 31,142 bilhões no terceiro trimestre e anunciar uma nova antecipação de dividendos aos acionistas, no valor de R$ 31,8 bilhões, o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, saiu em defesa da administração da petroleira, ao afirmar que a 'maior contribuição' que pode dar à sociedade é o pagamento de tributos e dividendos e que o Estado, sendo responsável pelas políticas públicas, pode escolher o que fazer com o dinheiro que recebe da estatal", aponta ainda a reportagem.

 


EEEEEEEEEEEEEEE

Nenhum comentário :

Postar um comentário