ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

domingo, 20 de fevereiro de 2022

NOVA REGRA NO FUTEBOL CAUSA GUERRA ENTRE GLOBO, SBT E RECORD

MAIS DUAS: ALÉM DAS TRÊS PRINCIPAIS REDES, BAND E REDETV! TAMBÉM MOSTRARAM INTERESSE EM ENTRAR NA BRIGA PELAS PARTIDAS.

As emissoras de TV aberta vão brigar forte para ter a exclusividade das competições da Conmebol. A licitação pelos direitos, que começa oficialmente no próximo dia 5, terá como atrativo uma nova regra:

Globo, Record e SBT poderão fazer propostas para ter três jogos exclusivos por semana de rodada a partir de 2023 –contabilizando a Libertadores e a Copa Sul-Americana. A reportagem é do portal Notícias da TV.

A definição dos vencedores será em 4 de abril. Segundo apurou a reportagem, além das três principais redes, Band e RedeTV! também mostraram interesse em entrar na briga pelas partidas.

Embora tenham essa vontade e meta para o ano que vem, ambas não têm, no entanto, o mesmo poder de compra que suas concorrentes.

Nessa divisão pleiteada pelas emissoras nacionais, a empresa poderá escolher dois jogos na fase de grupos da Libertadores e um da Copa Sul-Americana para distribuir em sua programação como desejar.

Ou seja, isso poderia se transformar em um trunfo para TVs menores que estão observando o futebol como uma oportunidade.

Já no caso da Globo, o retorno da competição neste modelo é fundamental.

A rede líder de audiência teria três partidas para distribuir durante as noites de quarta-feira para todo o Brasil e fazer a chamada divisão de rede, que é muito benéfica para suas afiliadas e para a venda de publicidade.

Um exemplo: caso vença as negociações que serão comandadas pela Conmebol e pela agência FC Diez Media, a Globo poderá mostrar um jogo de Flamengo e Corinthians na Libertadores para São Paulo e Rio de Janeiro, e outro do Internacional da Sul-Americana para o Rio Grande do Sul.

Ou ainda poderia transmitir Flamengo e Atlético-MG pela Libertadores para Rio e Belo Horizonte, e o São Paulo pela Sul-Americana para a capital paulista e Paraná.

No entanto, por obrigação na negociação, a TV aberta vai precisar rodar os times escolhidos. Outra simulação: se na rodada um a emissora escolher Flamengo e Corinthians, na rodada seguinte a TV precisará exibir Atlético Mineiro e Palmeiras.

Os dois times de maior torcida no Brasil só podem voltar ao ar mais adiante na competição.

Mesmo que a briga seja grande para ter essa exclusividade, a decisão de quem fica com os direitos das competições de clubes da Conmebol vai acontecer em 4 de abril. E não necessariamente um grupo vai ficar com tudo.

A entidade máxima do futebol sul-americano pode optar por duas emissoras.

Nenhum comentário :

Postar um comentário