ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

OPERAÇÃO INTEGRADA DAS FORÇAS DE SEGURANÇA DE COROATÁ, PRENDE TRÊS PESSOAS POR COMETEREM DIVERSOS CRIMES

O ALVO DA OPERAÇÃO POLICIAL FORAM DOIS ELEMENTOS, POR HOMICÍDIO, POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO E RECEPTAÇÃO DE MOTO FURTADA.

Uma operação policial batizada de “Povoado Seguro”, foi deflagrada na manhã desta quinta-feira(10), entre a Polícia Civil e Militar do Maranhão resultando nas prisões de três homens pelos crime de posse ilegal de arma de fogo, receptação e homicídio na cidade de Coroatá. A operação contou com a participação de investigadores da Delegacia de Coroatá, do Grupo de Pronto Emprego (GPE) da 4ª Delegacia Regional de Codó e 24º Batalhão da Polícia Militar.

O alvo da operação policial foram endereços situados no Povoado Pau de Estopa, onde os policiais cumpriram dois mandados de prisão, sendo um temporária, contra um homem pelo crime de homicídio qualificado ocorrido no ano passado. O indivíduo ainda foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uma Garrucha e pelo crime de receptação de uma motocicleta roubada/furtada.

Foto : Imagem das motocicletas apreendidas.

Na ocasião, um mandado de prisão preventiva foi cumprido contra um outro individuo pelo crime de roubo de roubo majorado pelo emprego de arma de fogo que também foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

Os policiais ainda conseguiram prender em flagrante um terceiro homem pelo crime de roubo de uma motocicleta ocorrido na última quarta-feira(8) na cidade de Pirapemas, bem como a apreensão em flagrante de um menor de idade que participou do crime. Foram recuperadas duas motocicletas roubadas e várias peças de motocicletas, pois a casa era utilizada como desmanche.

Segundo as investigações, os presos estavam aterrorizando os moradores do povoado e regiões vizinhas, cometendo diversos crimes.   Depois dos procedimentos legais serão encaminhado para Unidade Prisional de Coroatá no qual ficaram à disposição da justiça e o menor ficará aguardando decisão sobre sua internação.

Nenhum comentário :

Postar um comentário