Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

EM FÓRUM DE AMPARO À PESQUISA, FLÁVIO DINO DEFENDE INVESTIMENTOS EM TECNOLOGIA PARA SUPERAÇÃO DA CRISE


A ABERTURA DO ENCONTRO, REALIZADA NESTA QUINTA-FEIRA (18), EM SÃO LUÍS, FOI FEITA PELO GOVERNADOR FLÁVIO DINO, NA PRESENÇA DO MINISTRO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO, GILBERTO KASSAB E DE AUTORIDADES NACIONAIS LIGADAS AO SETOR. 
Com o objetivo de fortalecer e estimular a pesquisa científica no Brasil, o Maranhão sedia o Fórum do Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa (CONFAP). A abertura do encontro, realizada nesta quinta-feira (18), em São Luís, foi feita pelo governador Flávio Dino, na presença do Ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gilberto Kassab e de autoridades nacionais ligadas ao setor.



“Estamos muito felizes em receber os secretários de Ciência e Tecnologia, presidentes de fundações de amparo à pesquisa, os órgãos de fomento à pesquisa no nosso país, e órgãos do governo federal, liderados pelo ministro Kassab, que aqui está. O desenvolvimento econômico é imprescindível à soberania, da autonomia científica e tecnológica, e é por isso que nós temos feito esse esforço grande para que o nosso estado consiga melhorar vários indicadores socioeconômicos, inclusive os indicadores ligados à pós-graduação e à pesquisa”, destacou o governador Flávio Dino ao dar as boas-vindas aos participantes do evento. 


O presidente do CONFAP, Sérgio Gargioni, destacou o bom exemplo do Maranhão para manter os investimentos no setor, mesmo num cenário de crise nacional. “Considerando as dificuldades que todos os estados têm tido para investir na área, observamos que o Maranhão mantém os investimentos necessários para a continuidade das pesquisas. Nossa dificuldade maior hoje é com a redução dos recursos federais, que caiu drasticamente em relação aos anos anteriores”, disse.



Sérgio Gargioni ressaltou ainda a importância do encontro no Maranhão para unificar parceiros e agências e garantir a continuidade de projetos prioritários para o país e para o Maranhão.

                   

Já o Ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gilberto Kassab reconheceu a importância da realização do evento no estado que tem apoiado os projetos no setor. “A oportunidade de nos reunirmos no Maranhão fortalece a importância de pensar que todos devem dar sua contribuição e ratificar seus compromissos e oferecer uma sinergia com o Governo do Maranhão e suas políticas públicas expostas pelo governador Flávio Dino, para que possamos oferecer o melhor para o Maranhão”, disse.



Na agenda do Fórum do Conselho Nacional de Fundações de Amparo à Pesquisa sediado no Maranhão, está a ampliação do debate entre as fundações de amparo à pesquisa no país, em relação aos repasses de pagamentos das pesquisas junto às agências federais de fomento, ampliação do número de bolsas, bem como a responsabilidade compartilhada entre as fundações estaduais e o Governo Federal.



“São Luís é hoje a capital do Brasil em Ciência, Tecnologia e Inovação já que estamos com as principais autoridades do país nesse setor. O Maranhão continua investindo, apesar da dificuldade financeira. Há um entendimento do governador Flávio Dino de que soluções para a crise precisam de ideias novas e simples que possam fazer inclusão social com ciência e tecnologia”, disse o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico do Maranhão, Alex Oliveira.



Ao avaliar a importância do investimento em pesquisa e inovação em parceria com o Governo Federal, o governador Flávio Dino disse que o momento é de união nacional para que o país retome o desenvolvimento. “Apreciamos o diálogo com instituições de enorme referência no país, como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). É desse espírito de parceria, de união nacional, que o país precisa nesse momento tão grave de empregos sendo dizimados, empresas sendo fechadas. Precisamos evidentemente da boa política, mas, sobretudo, da união em torno de um bom projeto de desenvolvimento da nação, e, a ciência e a tecnologia têm que estar no âmago desse projeto de soberania e desenvolvimento com distribuição de oportunidades, de modo equânime e isso passa pela democratização do capital cultural”, finalizou Flávio Dino.



Parceria para mais investimentos


Durante a abertura do Fórum, o Governo do Maranhão e a Vale S/A assinaram Protocolo de Intenções para fortalecimento da pesquisa no Estado, com lançamento de editais de apoio a projetos de pesquisa em tecnologia; projetos de aquicultura e pesca; de apoio à pesquisa em tecnologia de informação; publicação de obras literárias e mais crédito à pesquisa para comitês científicos.



Mais bolsas e investimentos nas vocações locais



A partir de 2015, no Maranhão, o número de bolsas de pesquisa nos ensinos médio e superior, avançou e novas oportunidades foram criadas. “Recentemente assinamos convênio das universidades públicas maranhenses com o ITA para que avancemos também no setor aeroespacial, que é uma vocação do nosso estado, agradecemos o apoio que o Governo Federal tem dado indistintamente às ações do Governo no Maranhão e vamos continuar empregando os recursos estaduais”, garantiu Flávio Dino.



O Fórum ocorre em São Luís até esta sexta-feira (19), com a apresentação das iniciativas de pesquisa científica, fruto da parceria entre os ministérios e as instituições intergovernamentais. A programação conta ainda com agenda internacional na Casa do Maranhão, Rua do Trapiche – Centro Histórico.
Fonte: Secap   Texto: Lígia Teix

Nenhum comentário :

Postar um comentário