Páginas

GOVERNO DO MARANHÃO

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

PREFEITO DE SÃO LUÍS GONZAGA É VÍTIMA DE MONTAGEM

APESAR DA CALÚNIA  A POPULAÇÃO GONZAGUENSE FICOU DO LADO DO PREFEITO; DR. JÚNIOR E SEUS FAMILIARES RECEBEM APOIO DE TODOS.         


Fotos do prefeito de São Luís Gonzaga, Dr. Júnior, com uma suposta namorada na festa de aniversário de Vitorino Freire é uma montagem de péssima qualidade. A montagem era uma brincadeira de gosto duvidoso, inicialmente, postada em um grupo da rede social de Bacabal. No grupo de whatsapp, o autor da montagem, deixou claro que seu objetivo era uma brincadeira: “Era tirar onda com minha amiga ..., porque ela é uma das muitas eleitoras “apaixonada” do prefeito, que briga por ele e o defende em todos os lugares. Zoeira nossa que todo mundo riu, mas não tinha o objetivo de prejudicar o prefeito”, contou.   
                          


Uma olhada mais detalhada na imagem percebe falhas grotescas na foto; a cabeça do prefeito e a mão dele estão desproporcionais com a mulher que estaria com ele.  A brincadeira, porém, virou coisa séria e desagradável. Provavelmente, alguém da oposição teve acesso a imagem e a usou com o proposito de desmoralizar o prefeito em seu município.

O ataque à honra do médico Dr. Júnior causou constrangimentos terríveis à sua família; na busca de prejudicar o prefeito, lamentavelmente, em São Luís Gonzaga ainda têm adversários que não pensam duas vezes em atacar até a dignidade familiar do gestor. A esposa e filhos devem ser preservados desses ataques caluniosos e vergonhosos.

Apesar das insinuações irresponsáveis, que infelizmente acabou em alguns blogs maranhenses, a população gonzaguense ficou do lado do prefeito; Dr. Júnior e seus familiares recebem apoio de todos. “Gente, isso tá demais, vamos respeitar a família do prefeito”, pediu uma Agente Comunitária de Saúde em um grupo de whatsapp.  

Diante dessas postagens sensacionalistas, infames, deixamos uma sugestão aos que fazem oposição em São Luís Gonzaga: ataque o gestor, mas preserve o homem e sua dignidade familiar. 


Nenhum comentário :

Postar um comentário