ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

segunda-feira, 5 de abril de 2021

APÓS SUSPEITAR TRAIÇÃO, PROFESSOR DA PANADAS DE FACÃO E ATEIA FOGO NA MOTO DO SUPOSTO AMANTE DA MULHER

DESCOBRIR ATRAVÉS DAS MENSAGENS NO CELULAR DELE, O CASO AMOROSO QUE ELE TINHA COM ELA, DISSE BAIANO.

Na tarde de domingo de páscoa, um fato envolvendo uma suposta traição, ganhou repercussão nesta segunda feira (05) na cidade de Olho d’Água das Cunhãs. Dezenas de leitores fizeram contato com a nossa redação perguntando de fato a verdadeira história sobre o caso em que um professor de Capoeira teria dada uma panadas de facão e ateado fogo na moto do suposto amante da esposa.  

Prezando pela imparcialidade dos fatos, fizemos contato com o professor Baiano e ele relator ao blog o que de fato aconteceu “ Eu estava na casa de uma tia, o cara que eu tinha como amigo, ligou e me convidou pra  beber em minha  casa, eu aceitei  numa boa, e  lá conversa vai conversa vem, ele e mostrou uma mensagem normal no WhatsaPP, como eu estava com celular eu vi o contato da minha mulher, e pra minha surpresa lá tinhas mensagens deles  dois, marcando encontro para  ficar  e na mensagem seguinte confirmava que eles dois ficaram. 

No momento eu entrei para o quarto e arrumei minha mala,  a mulher percebeu minha reação  e falou algumas coisa, fiquei nervoso, peguei um facão e dei umas panadas  no cara, ele saiu correndo e deixou a moto e no ato impensável abri o tanque da motocicleta derramei a gasolina e atei foto, sei que fiz o que não deveria, mais eu estava transtornado por causa da traição. Depois disso peguei minha mala e sair da casa", concluiu Baiano.

Durante a conversa, Baiano disse que passou uns quatro meses trabalhando na cidade de Jataí no Goiás, nesse período que aconteceu a suposta traição. 

Esta foi a versão do professor de Capoeira, caso as outras duas pessoas citadas queiram contestar, é só procurar a redação do blog.

 

Nenhum comentário :

Postar um comentário