ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 24 de junho de 2021

PREFEITURA E REDE AMAZÔNIA LEGAL ESTÃO REALIZANDO SEMINÁRIO SOBRE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA EM SATUBINHA

A REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA DE SATUBINHA É UMA LUTA QUE HÁ VÁRIOS ANOS EU TENHO ME DEDICADO, DISSE O PREFEITO SANTOS FRANKLIN. 

               

 Na manhã desta quinta-feira 24 de junho, foi dado início a realização do seminário municipal sobre regularização fundiária urbana no município de Satubinha, o  evento tem duração de dois dias e está sendo realizado na sala de reunião do Cras. Gestores da Comissão de Regularização Fundiária da Universidade Federal do Pará (CRF-UFPA), e Universidade federal do MA (UFMA),membros do Grupo de Trabalho Estadual do Programa Morar, Conviver e Preservar a Amazônia (Rede Amazônia) e o prefeito de Satubinha Santos Frankiln, vice prefeito Cássio Geordane, Josué Frankiln presidente da Câmara municipal e demais vereadores debatem, junto com o secretariado municipal, servidores e técnicos da prefeitura, as propostas de trabalho do Programa Morar, Conviver e Preservar a Amazônia.


No período da manhã foi feito a explanação sobre o que é o programa Rede Amazônia e no período da tarde foi apresentado informações (SARF) Sistema de Apoio à Regularização Fundiária.

O Programa funciona como uma rede de ensino, pesquisa e extensão e trabalha com a inovação, capacitação e assistência técnica em regularização fundiária urbana, prevenção de conflitos de naturezas socioambiental, habitacional e sanitária nos nove estados que compõem a Amazônia Legal.

O programa é uma parceria entre a CRF-UFPA e o Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR).


Antônio Cleison, mestre em geografia  da Rede Amazônia, disse que o programa tem como objetivo capacitar e ofertar assistência técnica em regularização fundiária nos nove estados da Amazônia Legal e consequentemente em seus municípios, Satubinha foi um dos interessados em fazer essa parceria e estamos a disposição para quê possamos desenvolver as ações de regularização fundiária finalizou.

O prefeito Santos Frankiln, falou sobre a importância desse trabalho e ratificou que é de  interesse de todos e que  município está dando todo apoio. “lembro quando eu era vereador há quase 20 anos, eu lutei e defendi  a regularização fundiária urbana de Satubinha e hoje eu estou prefeito vou  me dedicando muito mais”, disse o Chefe do Executivo municipal.

No segundo dia, hoje (25)será utilizado um drone que fará o levantamento topográfico planimétrico, também chamado Planimetria, se caracteriza pela medição das projeções horizontais que definem uma área. Esse tipo de levantamento é usado principalmente para determinar os limites de um terreno.

Após todo o trabalho feito  no município a previsão  é que no período de 45 dias será apresentado o resultado final.

Nenhum comentário :

Postar um comentário